Amigo secreto: o que vender na internet no fim de ano?

06/12/2021

Os últimos meses do ano são movimentados para o e-commerce. Além do Dia das Crianças que agita os dias do mês de outubro, lojistas e consumidores participam da Black Friday, da Cyber Monday, do Natal, do Réveillon e das demais festas de encerramento de ano. Uma das celebrações mais comuns, seja entre amigos ou família, é o amigo secreto (também conhecido como amigo oculto). É uma ótima oportunidade para você, lojista, criar kits de produtos e vender itens de diferentes preços para presente. Para o amigo secreto, o que vender? 

Um dos grandes diferenciais do e-commerce está no fato de que a sua loja está sempre aberta (24/7), atendendo aos diferentes impulsos e estímulos de consumo. Além de sua loja estar preparada para grandes datas comerciais, como Black Friday e Natal, é possível utilizar essa característica de “presença permanente” para atender outras necessidades. 

O amigo secreto (ou amigo oculto), por exemplo, é uma oportunidade que dura o ano inteiro, mas recebe foco especial nos últimos dias do ano. Os números comprovam. Em 2020 houve a projeção de que 52,2 milhões de pessoas participariam do amigo secreto, conforme a pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em parceria com a Offerwise Pesquisas.

O estudo da CNDL ainda apontou que o gasto médio é de R$ 64, capaz de injetar R$ 5,6 bilhões na economia brasileira àquela altura. O levantamento foi além e elencou as principais motivações para participação na brincadeira de amigo oculto: para 39% dos entrevistados, o amigo secreto é uma boa maneira para economizar com presentes. Em relação ao valor desembolsado, 46% disse ter a intenção de gastar até R$ 50.

Com essas informações, você já sabe que o amigo secreto é uma tradição brasileira capaz de movimentar a economia e é mais uma alternativa para você impulsionar as vendas de fim de ano. Agora, vem o próximo passo: no amigo secreto, o que vender? Para isso, o blog Conexão E-commerce separou três dicas essenciais para você aproveitar a data. 

O meu amigo secreto é um hub de integração, usa a cor roxo, por ele passa 10% do e-commerce brasileiro e tem ferramentas para gerenciamento massivo de anúncios.

Amigo secreto: 3 dicas para você vender mais

O primeiro requisito você já tem: a curiosidade. Está aqui para captar ideias e insights para a sua operação. Conheça abaixo três dicas para você fazer diferente no fim do ano.

1. Acompanhe as tendências para identificar oportunidades

Você já reparou em como o cinema e a TV, os esportes e o que acontece na internet influenciam os hábitos de consumo? Muitas vezes o modismo de algo é uma oportunidade para vender, e o desafio está em preparar-se a tempo (com fornecedores, inclusive) para surfar a onda enquanto está alta.

Outra estratégia é tentar identificar e diferenciar o modismo de tendência de consumo. Em resumo, uma tendência começa aos poucos para, finalmente, atingir o grande público. Já o modismo é geralmente mais passageiro, com uma vida útil mais curta. Um exemplo disso são as paletas mexicanas – e quem soube entrar e sair na hora certa, se deu bem, não é verdade?

Portanto, visando o amigo secreto, é interessante estar de olho no que está acontecendo. As redes sociais são um bom termômetro para isso. Atualmente, talvez não haja outra rede social como o TikTok em matéria de lançamento de novidades, memes e “febres” na internet. Por outro lado, o Instagram e o Twitter continuam relevantes para fazer esse monitoramento. 

No próximo tópico, acompanhe as dicas de produtos separados por valor para você pensar. 

2. Produza kits de produtos para o amigo secreto

O amigo secreto acontece entre amigos, colegas de trabalho e familiares e, na maioria das vezes, há uma delimitação no valor que poderá ser gasto com os presentes. Em alguns casos, os nomes não são sorteados, com a divisão de presentes sendo feita no dia do grande encontro. Todas essas características devem ser levadas em conta por você, lojista.

Para estar pronto para tudo isso, uma grande estratégia é a produção de kits de produtos. Os kits podem ser definidos por valor (até 10, 25, 50 e 100 reais), por tema e por gênero (ou a ausência dele). Mais do que os produtos em si, os kits podem contar brindes ou adereços para enriquecer a experiência de compra. 

Os kits de produtos também apresentam outras vantagens, como a possibilidade de oferecer descontos atrativos, aumentar o ticket médio, aproveitar melhor as datas comemorativas (como o amigo secreto), além de girar o estoque. 

No amigo secreto, o que vender? Confira uma lista de produtos que são procurados

Presentes até 10 reais
  • Alimentos em geral, como chocolates ou biscoitos temáticos;
  • E-books;
  • Itens de papelaria, como kit com lápis de cor;
  • Kits para artesanato;
  • Minitripé para smartphone;
  • Pequenos objetos com LED, como luminárias para leitura, entre outros.
Presentes até 25 reais
  • Bebidas, como cervejas artesanais;
  • Canecas, copos ou taças;
  • Kit para caipirinha;
  • Objetos para smartphone, como lentes para câmera ou pau de selfie;
  • Produtos para higiene pessoal, entre outros.
Presentes até 50 reais
  • Almofadas e outros objetos personalizados;
  • Chinelo de dedo;
  • Gift card Google Play, Netflix, Spotify e outros serviços;
  • Itens de papelaria, como agendas anuais;
  • Itens de perfumaria;
  • Livros físicos ou e-books;
  • Maquiagem;
  • Roupas;
  • Vinho, entre outros.

Dica extra: crie conteúdo a partir das listas de presentes

O marketing de conteúdo é uma estratégia que você pode usar nas suas plataformas digitais e na sua loja virtual. Além de fortalecer a sua própria marca, é uma maneira de oferecer uma informação útil para quem está procurando presentes para o amigo oculto.

Ou seja, além de você atrair e reter audiência, que passa a interagir com a sua marca, você expõe os produtos que estão disponíveis para compra na sua loja. O conteúdo pode ser simples: um post no Instagram, mensagens no WhatsApp ou Telegram com os seus clientes, um vídeo curto no qual indica produtos e o que mais a sua imaginação sugerir. 

3. Utilize um integrador de marketplace para gerenciar a operação

Nas dicas anteriores, você leu sobre acompanhar tendências e resultados, além de oferecer kits de produtos. É provável que você esteja em um ou mais marketplaces, como o Mercado Livre, a Magalu ou a Americanas Marketplace. Portanto, um hub de integração é uma ferramenta tecnológica que vai lhe garantir mais gestão e controle sobre a operação. 

Quer um exemplo? Por meio do Ideris, um dos integradores mais completos e conhecidos do mercado, você pode analisar a concorrência, cadastrar produtos compostos para a criação de kits e incluí-los nos principais marketplaces do mercado. Se você está no Mercado Livre, a solução ainda oferece gerenciamento massivo de anúncios, além de uma robusta calculadora de preços

Clique e faça o teste gratuito do Ideris hub durante 7 dias

Atualmente, 10% do e-commerce brasileiro passa pelo Ideris, que nasceu com o propósito de ser um integrador completo de marketplace para gerenciar a operação. Com o hub você pode controlar todas as etapas da logística, desde a separação do produto ao frete de envio, além de unificar o controle de estoque de todos os seus canais de venda. Que tal? Conheça e cresça no e-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.