Receba a nossa NewsLetter!
Concordo com  Política de privacidade e  Termos de uso 

O que é FIFO e FEFO?

26/10/2020

fefo e fifo

O que é FIFO? O que é FEFO? Essas abreviaturas são bastante comuns quando falamos sobre gestão de estoque no e-commerce, mas alguns sellers ainda não estão familiarizados com o significado desses termos. Pensando nisso, reunimos as principais informações a respeito do que é FIFO e FEFO, incluindo exemplos que mostram a importância dessas estratégicas para a sua operação – desde o gerenciamento de estoque e logística até a otimização dos negócios com fornecedores. Acompanhe a leitura!

O QUE É FIFO?

“First in, first out” (FIFO) ou “Primeiro a entrar, primeiro a sair” (PEPS) é uma estratégia para gerenciamento de estoque baseada em filas de espera, de modo que os produtos armazenados há mais tempo são os primeiros a serem despachados aos consumidores.

O método FIFO é bastante utilizado por empreendimentos que trabalham com produtos perecíveis, inclusive e-commerces que vendem itens alimentícios ou artesanais com vencimento a curto prazo. Adotando essa estratégia, é possível minimizar perdas causadas por má gestão de estoque.

Exemplo: digamos que no mês de março sua loja virtual comprou dois lotes da mercadoria Y (o Lote 1 chegou no dia 05/03 e o Lote 2 no dia 20/03). Quando os clientes fizerem seus pedidos, os itens do Lote 1 terão prioridade de envio – mesmo que o Lote 2 já tenha chegado. Você só vai começar a vender o Lote 2 quando o 1 estiver esgotado.

Vantagens

A proposta do FIFO é superinteligente para muitos tipos de varejo. Saiba, de modo resumido, quais são as principais vantagens dessa técnica:

  • Evita desperdício de mercadorias e envio de itens fora da validade ou muito próximos de vencer (considerando que ainda haverá o deslocamento de entrega);
  • Reduz a necessidade de criar grandes estoques de produtos e, em alguns casos, é possível operar com um centro de armazenagem mais enxuto e reduzir custos;
  • Facilidade na precificação de mercadorias, pois elas ganham maior rotatividade, ou seja, simplifica o controle dos custos de entrada e preços de saída;
  • Ao criar uma metodologia de armazenagem, você consegue agilizar a expedição de pedidos (localização no estoque, separação, embalagem e envio).

Como utilizar o FIFO?

Se você gostou desse método, mas não sabe como utilizar o FIFO em sua operação, apresentamos duas dicas simples e valiosas:

1. Defina a capacidade máxima de armazenagem

Para implementar o FIFO de modo eficiente, é preciso definir uma capacidade máxima de armazenagem, ou seja, crie um limite de espaço/vagas na fila. Quando chegar a essa marca, o processo deve ser interrompido para evitar excesso de produção ou estoque.

2. Respeite a sequência das peças

Nenhuma mercadoria deve ultrapassar outra na fila de espera. Se um produto estiver de fora, não pode ser encaixado à frente de outros (lembre-se da escala de prioridade: o primeiro que entra é o primeiro a sair). É importante respeitar a sequência das peças para que o fluxo seja suave e constante.

Agora que você já sabe o que é FIFO e suas vantagens para o armazenamento de mercadorias, que tal saber o que é FEFO? Contamos tudo o que você precisa saber sobre essa outra sigla no tópico a segui!

O que é FEFO?

No modelo “First expired, first out” (FEFO) ou “Primeiro a vencer, primeiro a sair”, quem tem prioridade na ordem de despacho são os itens com data de validade mais próxima, não importando quais foram estocados primeiro.

O FEFO é indicado para varejistas que vendem itens perecíveis (alimentos, cosméticos, produtos químicos, etc.), pois garantem que o consumidor sempre receba produtos frescos ou recentemente fabricados.

Vale destacar que, assim como FIFO, o FEFO é uma estratégia para gestão de estoque que pode ser aplicada em almoxarifado, armazém ou Centro de Distribuição (CD). Ambos são interessantes para quem trabalha com e-commerce – seja loja virtual própria, seja marketplace.

Vantagens

  • Permite identificar itens que ficam obsoletos prematuramente e quais custos essas possíveis perdas causam à contabilidade da empresa;
  • Reduz o tempo de procura no estoque por mercadorias em bom estado ou dentro da validade;
  • Beneficia a imagem da marca, no sentido de sempre enviar produtos em bom estado.

Como está seu gerenciamento de estoque?

No e-commerce, otimização de tempo significa economia de dinheiro e satisfação do cliente. Portanto, além de metodologias como FIFO e FEFO, é necessário haver uma cultura de organização nos setores de estoque/armazenagem e expedição. Existem três tópicos primordiais para isso: pessoas, rotina e tecnologia. Saiba mais sobre eles:

Qualifique sua equipe

Não adianta criar um bom conceito de organização sem passar o treinamento adequado às pessoas que trabalham na armazenagem e expedição de mercadorias. Quando definir a melhor técnica, qualifique sua equipe para que todos estejam por dentro do processo, garantindo mais agilidade e menores chances de erros. Se realizar algum ajuste, comunique a todos.

Crie uma rotina

Estabeleça a periodicidade que cada etapa deve ser feita e mantenha uma rotina. Tarefas diárias, semanais, mensais e trimestrais ajudam a manter o controle da operação mais preciso.

Aposte na tecnologia

Além de equipamentos para cadastro e transporte de mercadorias, escolha bons softwares para a gestão do seu e-commerce. Sistema de gestão (ERP) é básico para qualquer operação, mas quem atua em vendas multicanal (mais de um marketplace, por exemplo), deve considerar a contratação de um hub de integração.

Alguns sellers ainda não conhecem o potencial desse sistema para o dia a dia do negócio. Se esse é o seu caso, confira no próximo tópico um breve resumo sobre o que é hub de integração e quais os principais benefícios para uma loja online!

Hub de integração

Já que o assunto é agilidade e organização na armazenagem de mercadorias, quem atua em mais de uma plataforma (loja virtual própria, marketplaces, varejo físico) precisa saber que o hub é o “sistema-chave” para gerir os negócios.

Integrado ao seu ERP e aos canais de vendas, o sistema centraliza TODA a operação. Isso significa que os gestores podem acompanhar de modo detalhado setores como estoque, expedição, frete, logística, anúncios em marketplaces e outras funcionalidades que entregam mais eficiência, agilidade e economia para o empreendedor de e-commerce.

A dica é escolher um sistema com boa reputação, soluções inteligentes e que ofereça funcionalidades pensadas em quem quer crescer no varejo online.

Já sabe o que é FIFO e FEFO e quer conhecer mais sobre hub? Confira nosso conteúdo que explica por que usar um hub de integração para marketplace!

Escrito por Augusto Vasconcelos

26/10/2020

Receba a nossa NewsLetter!
Concordo com  Política de privacidade e  Termos de uso 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Augusto Vasconcelos

26/10/2020

Posts recentes

Como vender livros online?

Como vender livros online?

Por mais que a tecnologia ofereça outras alternativas aos amantes da literatura, hoje em dia, muitas pessoas não abrem mão de ter o livro físico em suas casas. Por isso, a oportunidade de vender livros online deve ser considerada. Mas você sabe a melhor maneira de...