O que é GMROI e como calcular esse indicador?

31/08/2021

o que é GMROI

Uma boa gestão da sua operação presume um ótimo controle sobre tudo o que está acontecendo na empresa e, para obter informações sobre a saúde do seu negócio, há métricas e KPIs. Talvez você esteja se questionando sobre “o que é GMROI?” e por que isso tem a ver com o monitoramento da sua operação de e-commerce. Em português, GMROI significa Retorno de Margem Bruta Sobre o Investimento e, neste texto, conheça a importância desse indicador.

Como você avalia os progressos do seu e-commerce? Você analisa os números do faturamento bruto, apenas? No Conexão E-commerce há diversos conteúdos sobre gestão, entre eles um que aborda o KPI – que significa, em português, Indicador-chave de Performance. 

Muitos KPI podem ser usados no e-commerce, tais como Custo de aquisição por cliente (CAC), taxa de conversão, ticket médio e KPI de tráfego, entre outros. Mas você, vendedor, tem à disposição outros indicadores que podem ser utilizados no dia a dia para gerenciar o seu negócio; e, com base neles, tomar decisões assertivas para continuar crescendo ou corrigir a rota, se for o caso. 

Por isso, conheça neste texto um importante KPI para avaliar o sucesso do seu e-commerce: o GMROI

  • O que é GMROI?
  • Quais são as vantagens desse indicador?
  • Como calcular a fórmula GMROI?

O que é GMROI?

A sigla quer dizer Gross Margin Return On Investment, também conhecido como Retorno de Margem Bruta sobre o Investimento ou Retorno de Margem Bruta sobre o Investimento de Estoque, e é um importante indicador para aferir sobre o quão capaz é a empresa em transformar estoque em dinheiro acima do custo de estoque.

Afinal, todo vendedor investe em produtos para o seu estoque com o objetivo de vender essas mercadorias com lucro. Com o GMROI é possível, por exemplo, identificar qual é o produto que mais contribuiu para o crescimento de margem geral do seu e-commerce. Para isso, a fórmula do GMROI relaciona margem bruta e giro de estoque – abaixo, leia sobre esses dois conceitos.

Margem bruta

É o preço de venda menos o preço de custo. Você sabe que quanto maior a margem bruta, melhor. Em relação a esse tema, aliás, você encontra no Conexão E-commerce um guia com 7 dicas para vender produtos encalhados no estoque. Afinal, a redução de preço para desencalhar a mercadoria impacta diretamente na margem de lucro e, consequentemente, na margem bruta.

Giro de estoque

O processo de gestão do estoque é fundamental para o sucesso de qualquer empresa. É preciso identificar os produtos de alto giro e aqueles que têm menor demanda ou consumo baixo. Sobre esse tema, conheça o que é curva ABC e como utilizar essa escala para gerir o seu estoque. 

Para medir o giro de estoque, você precisa definir um período de tempo e conhecer outros dois fatores, como número de vendas e o valor médio de estoque. Vamos supor que você tenha um estoque médio de 2 mil unidades e vendas totais de 10 mil unidades. Para calcular o giro de estoque, você precisa dividir 10.000/2.000. O resultado neste exemplo é que você tem 5 giros de estoque.

Se você deseja ainda saber em quanto tempo precisa repor o estoque, defina por exemplo um período de um ano (365 dias) e o divida pela informação que você obteve com o cálculo do giro de estoque (neste exemplo, 5 giros de estoque). Ou seja, 365/5 = 73. O resultado neste caso indica que a cada 73 dias você tem um giro de estoque.

Como calcular o GMROI?

Como visto anteriormente, esse indicador permite avaliar a capacidade que a empresa possui em transformar estoque em dinheiro acima do próprio custo de estoque. Para chegar a esse resultado, há um cálculo simplificado que leva em conta a margem bruta e a média de estoque – já apresentados neste conteúdo. Veja abaixo.

Para exemplificar: no período de um ano, imagine que um produto teve margem bruta de R$ 100 mil. Já o estoque médio foi de R$ 160 mil nesse mesmo período. Ou seja, dividindo 100 por 160 temos 0,62. O que isso significa? Quer dizer que a cada R$ 1 investido em estoque do produto em questão resulta em R$ 0,62. 

Vale lembrar que esse investimento em estoque engloba diversos custos, como o de compra, transporte e manutenção, por exemplo.

Esse resultado é ruim? No exemplo acima, há um déficit de R$ 0,62. O GMROI ideal é aquele que fica acima de 1 real e, assim, garante que você está lucrando em seu estoque. No entanto, é preciso fazer algumas ressalvas: o valor médio de GMROI vai variar conforme o segmento e até mesmo com a presença de marca no mercado (afinal, uma marca mais presente e conhecida tende a trabalhar menos com descontos, por exemplo).

Os vendedores que vendem muito, por exemplo, operam com valores médios de GMROI mais baixos, afinal precisam de estoque em excesso para atender à demanda. De modo geral, ter um grande controle sobre os valores de custo e preços abre caminho para um bom GMROI.

Como melhorar os valores de GMROI?

Então você não está contente com os resultados obtidos e/ou deseja colocar em prática algumas ações para aumentar seus ganhos. Vamos lá! O primeiro passo é renovar seu estoque com mais eficiência. Como já citado anteriormente, a curva ABC pode contribuir para identificar e separar os produtos de alto giro daqueles que têm demanda menor. 

Reavaliar os preços dos seus produtos (tendo como base as informações obtidas sobre eles a partir da curva ABC, por exemplo), identificando as mercadorias que estão encalhadas e só representam custo, é um passo importante. Calculando o GMROI, você pode descobrir como movimentar o seu estoque e, ao mesmo tempo, reduzir o preço.

Por fim, outra dica é ler o post 7 dicas para vender produtos encalhados no estoque ou ouvir sobre o podcast especial sobre gestão de vendas e gestão operacional.

Quer mais ferramentas para uma boa gestão? Invista em um hub de integração!

O Ideris nasceu com esse propósito: ser um integrador completo de marketplace para gerenciar a sua operação. Com o hub você pode controlar todas as etapas da logística, desde a separação do produto ao frete de envio, além de unificar o controle de estoque de todos os seus canais de venda. 

Caso você ainda não conheça, é possível testar o Ideris por sete dias gratuitamente. Durante esse tempo, você vai ter um parceiro para vender nos principais canais de venda e otimizar os seus resultados. Conexão gera oportunidade!

31/08/2021

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts recentes

O que é CNP e como usar o Cadastro Nacional de Produtos?

O que é CNP e como usar o Cadastro Nacional de Produtos?

O Cadastro Nacional de Produtos (CNP) é um serviço prestado pela GS1 Brasil - uma organização multissetorial sem fins lucrativos - através do qual é possível cadastrar e gerenciar os produtos da sua empresa e gerar um código de barras.  Muitos vendedores começam...