O que é hub de integração e quais são suas vantagens?

Escrito por Ideris

24/05/2024

O hub de integração é uma ferramenta para organizar, gerir e automatizar toda gestão de diferentes marketplaces em um só lugar. Para quem busca ampliar as possibilidades de negócio, é essencial apostar em um hub de marketplace para ter melhor gestão e mais controle das vendas e negócios.

O hub de integração (também chamado de integrador de marketplaces ou hub de marketplace) é uma ferramenta essencial para facilitar a gestão das vendas em diferentes canais online, como os diferentes marketplaces e loja online própria. Essa ferramenta é essencial principalmente se você tem muitos anúncios e estoque para gerenciar, mas pode beneficiar operações de todos os tamanhos. Para quem deseja estar presente em diferentes marketplaces, como Americanas, Amazon, Mercado Livre, SHEIN e Shopee, por exemplo, a necessidade é ainda maior.

Inclusive, de acordo com um estudo das Americanas, cerca de 76% dos sellers que atuam em marketplaces apresentam crescimento das vendas. Esta mesma pesquisa apontou que quase 57% dos vendedores consideram que estar em um marketplace é muito importante para seus negócios.

Mas, quais são os principais pontos que as empresas devem saber ao procurar um hub? Primeiramente, um bom hub de integração permite que você gerencie multicontas e diferentes marketplaces em um só lugar. Não é preciso abrir os painéis das lojas, um por um, para criar e gerenciar anúncios, gerenciar pedidos, SAC, gerar nota fiscal, entre outras funções que estão presentes no seu dia a dia.

Além de integrar marketplaces, o hub também centralizam lojas virtuais, ERP (que serve para gerenciar diferentes setores da empresa, como estoque e logística), sistemas de frete, plataformas de marketplace e até conciliadores financeiros, que ajudam a monitorar os repasses dos marketplaces, entre outras funções.

Neste texto, iremos abordar diversos assuntos relacionados ao hub de integração e como ele pode ser benéfico para os negócios. Além disso, você verá também:

  • Vantagens e principais funções de um hub de integração
  • Como escolher um hub de integração?
  • Vale a pena vender em vários marketplaces?
  • Recursos adicionais oferecidos por hubs de integração

Vantagens e principais funções de um hub de integração

Como já abordamos anteriormente, os hubs de integração se destacam como uma solução essencial para empresas de todos os tamanhos e setores. Você não precisa ser um grande vendedor para apostar as fichas na adoção de um integrador de marketplace. 

Isso porque, independentemente do tamanho da sua empresa, as plataformas oferecem uma abordagem que visa realizar essas centralizações, simplificando processos e melhorando a comunicação entre departamentos e ferramentas. No Brasil, o crescimento dos marketplaces tem movimentado o e-commerce e crescido de forma exponencial. De acordo com o relatório Webshoppers, de 2023, da NIQ Ebit, 84% dos lojistas que comercializam seus produtos pela internet utilizam marketplaces nas estratégias.

Ao adotar um hub de integração, as empresas conseguem usufruir de uma série de vantagens significativas. Desde a automação de tarefas repetitivas até a redução de erros e aprimoramento da eficiência operacional. Importante mencionar que as principais funções dessas plataformas vão muito além da simples conexão entre sistemas. 

Pense no seguinte cenário: você comercializa produtos esportivos no Meli, mas quer expandir para a Amazon, Centauro, Netshoes e Shopee. Ok, e agora? Vai criar novas contas e publicar anúncios em cada uma delas? Os produtos vão sair do mesmo estoque? Todas essas respostas e soluções podem ser obtidas ao utilizar um integrador de marketplace.

As principais vantagens de hub de integração

A utilidade dos hubs de integração parecem ser claras, mas e as vantagens de tê-lo na operação? Abaixo, veja uma lista com as principais vantagens de um hub de integração.

Gestão unificada da operação

Com um hub, você pode fazer a gestão de todos os marketplaces e da sua loja virtual em um só lugar, sem precisar abrir diversas abas em seu navegador para gerenciar os pedidos e as demais etapas de venda. Assim, sua equipe otimiza o seu tempo e tem um aumento na produtividade. Além disso, essa centralização melhora o fluxo de informação e diminui a ocorrência de erros.

Estoque unificado

Contar com um hub que integre seus canais permite uma gestão unificada do estoque, evitando situações de ruptura, que é quando uma venda é realizada mas o produto não está mais disponível. O sistema atualiza automaticamente as informações sobre estoque em todos os marketplaces, a cada nova entrada ou saída de mercadorias.

Facilidade na criação e gestão de anúncios

A criação e gestão de anúncios é facilitada por meio de um integrador de marketplaces. É possível criar, replicar e editar anúncios de todos os canais de venda em um só lugar de forma muito mais rápida e prática. 

Aumento das vendas e crescimento

Por meio de um hub de integração, fica muito mais fácil vender em diferentes marketplaces e fazer a gestão da operação em diversos canais. Com isso, é possível vender mais com os recursos que você já tem hoje.

As funções de um hub de integração

Unificar toda a operação e exibi-la no mesmo espaço é a função primordial de um hub, que se conecta a tudo, mas é muito mais do que isso. É bem verdade que as funções de um integrador podem variar conforme a empresa, mas os melhores vão oferecer algumas funções bem específicas e extremamente úteis.

  • Gestão unificada de pedidos;
  • Gestão de estoque;
  • Redução de custos;
  • Emissão de notas fiscais;
  • Tracking: status de rastreio de pedido;
  • Importar e replicar cadastro de produtos;
  • Atualização automatizada das informações dos produtos;
  • Replicar anúncios de mídia paga nos marketplaces;
  • Relatórios em tempo real;
  • Conexão para gerar oportunidades;
  • Visibilidade e personalização.

Gestão unificada de pedidos

A partir da conexão com os diferentes marketplaces e/ou lojas virtuais, todos os pedidos vão ser recebidos nesse único sistema. Além de vantajoso para a gestão da operação em si, essa característica essencial vai permitir que outras funções aconteçam — como o controle de estoque, emissão de notas fiscais, geração de etiquetas e atualização de status dos pedidos.

Gestão de estoque

O hub vai garantir que o seu estoque esteja unificado para responder aos diferentes pedidos que vão chegar dos diversos marketplaces e lojas virtuais que estão conectados ao hub. Portanto, é fácil compreender a importância dessa função. 

Sem gestão de estoque o fluxo de caixa e saúde financeira da empresa podem estar comprometidos. Os “furos de estoque” vão acarretar em vendas canceladas e o excesso de estoque vai queimar o seu dinheiro, além da perda de reputação.

Redução de custos

Gestões unificadas e qualidade ao gerir o estoque, por exemplo, além de automatizar processos e melhorar a eficiência, esses impactos ajudam as empresas a reduzir custos operacionais e aumentar a rentabilidade para o negócio prosperar.

Emissão de notas fiscais

Ainda é possível vender apenas como Pessoa Física em alguns marketplaces, mas emitir notas fiscais é um atributo essencial para todo empreendedor, especialmente para quem deseja crescer e escalonar as vendas com o passar do tempo. 

Com um ERP integrado ao hub, essa tarefa é automatizada e segura — e vai facilitar os esforços para realizar corretamente a tributação no e-commerce.

Tracking: status de rastreio do produto

Nem só da conversão vive o marketplace, o pós-venda é muito relevante para o sucesso de uma operação. Com o tracking, você e seu cliente podem acompanhar a trajetória do pacote até o destino final. Mais do que um diferencial, é uma exigência dos consumidores e traz impacto direto na satisfação do cliente.

Importar e replicar cadastro de produtos

Um hub pode importar os produtos que já estão cadastrados no ERP da sua loja e replicá-los para diversos outros canais de venda. Esse processo também vale para replicar anúncios para várias contas nos marketplaces. É uma função que, além de economizar tempo e recursos, contribui para a troca de informações dos produtos.

Relatórios em tempo real

Um hub de integração vai oferecer uma visão ampliada dos pedidos e da produtividade, incluindo o faturamento, os repasses e o andamento geral da operação. Vai ficar muito fácil saber em quais dos marketplaces você tem mais aderência e vendas.

Conexão para gerar oportunidades

É possível entender um hub como um centralizador de novas oportunidades para vendas. Afinal, além de oferecer mais eficiência e produtividade, os resultados gerados pelo hub vão contribuir para planejar e tomar decisões mais acertadas. 

Visibilidade e personalização

Os hubs de integração, além de possuir toda gestão unificada, também oferecem visibilidade mais eficiente e em tempo real dos dados empresariais. Isso permite uma tomada de decisão mais estratégica. Além disso, os hubs permitem a criação de fluxos de trabalho personalizados e adaptação às necessidades específicas de cada empresa.

Como escolher um hub de integração?

Escolher o hub de integração é uma decisão estratégica, por isso, é necessário ser feita após bastante análise. Essa decisão deve mexer diretamente com o aumento da eficiência operacional. Para garantir que você faça a escolha certa, é importante avaliar necessidades específicas e pesquisar as opções disponíveis no mercado.

Ao analisar as diferentes soluções que existem no mercado, verifique a compatibilidade com os sistemas e aplicativos que você já utiliza, além da capacidade de integração com novas soluções no futuro. Não se esqueça de levar em consideração a facilidade de uso da plataforma, pois uma interface intuitiva facilitará a configuração e o gerenciamento das integrações.

Se você busca, cada vez mais, o sucesso da empresa, pense também na escalabilidade. Certifique-se de que o hub de integração seja capaz de acompanhar o crescimento do seu negócio e suportar um maior volume de dados e transações conforme necessário.

Mas não é apenas nos resultados e vendas que você deve pensar no momento de escolher o seu hub de integração. Segurança é outra preocupação importante e que não pode ser deixada de lado. Escolha um hub de integração que ofereça recursos robustos de segurança e conformidade para proteger seus dados e garantir a privacidade dos seus clientes. Além disso, verifique se quem está comercializando o hub oferece suporte técnico confiável e eficiente, para que você possa obter assistência sempre que necessário. 

Listamos, também, outros pontos fundamentais para ajudar na escolha de um bom hub.

Integração com os principais marketplaces

Quem vende em marketplaces quer exposição para ampliar as possibilidades de comercializar os produtos. Por isso, eles precisam estar nos sites mais visitados do país. Ter integração nos principais marketplaces do Brasil, assim como a Ideris possui, é um grande diferencial no momento da escolha.

Além de tudo, é uma oportunidade para expandir as vendas para outros canais — às vezes menores ou mais nichados — com mais facilidade. 

Hub indicado pelos marketplaces

Não adianta escolher um hub apenas pelo número de integrações — esse é apenas um dos diferenciais que podem pesar no momento da escolha. 

Analise também se ele tem qualidade e eficiência nesse fluxo. E nada melhor do que os próprios marketplaces para endossar essa situação. Os principais marketplaces do mercado avaliam a qualidade de seus parceiros e indicam que são os melhores neste sentido. A Ideris é bicampeã MeLi XP, considerada o melhor Parceiro Tech. 

Outro forma de analisar a qualidade é analisar os selos integrados que os e-commerces dão. O Mercado Livre e o Magalu, por exemplo, concedem selos aos integradores que seguem as normas de usabilidade e segurança. 

Capacidade para atender grandes contas

Não importa o seu atual volume de vendas. Você deve avaliar os hubs que possuem capacidade para atender a sua operação, inclusive em um potencial crescimento escalonado. Não é legal optar por uma solução que pode limitar a sua evolução futura.

Cadastro simplificado de produtos

Um dos objetivos de toda pessoa que procura um hub é o de facilitar a gestão do cadastro de produtos nos diferentes marketplaces. Portanto, busque uma solução que ofereça capacidade para gestão massiva de produtos. Essa operacionalização eficiente e automatizada vai fazer uma grande diferença no seu dia a dia.

Múltiplas funções

É oportuno que os hubs de integração contem com ferramentas diferentes, como uma calculadora de preços, geração de diferentes tipos de relatórios e as parcerias feitas com outras soluções, como logística, ERPs e conciliadores financeiros. 

Capacidade para acompanhar a evolução do mercado

O e-commerce está sempre mudando. Além das atualizações relacionadas a taxas de comissionamento, regras para frete grátis e critérios para a reputação dos vendedores, existem as mudanças promovidas pelos novos hábitos das pessoas. 

Analise quais hubs participam desses debates, em quais eventos estão inseridos e por quais empresas estão rodeados. É mais uma garantia para você que deseja ter a melhor ferramenta disponível.

Suporte eficiente e ágil

Faça uma pesquisa detalhada sobre o atendimento de cada hub de integração e como cada um reage aos diferentes problemas que vão acontecer ao longo do caminho. 

É fundamental levar em conta se o hub conta com um trabalho de implementação e se preocupa com o cliente antes mesmo do surgimento dos problemas.

Formas de pagamento

Compare os planos e as formas de pagamento de cada hub, mas não leve em conta apenas o preço mais baixo. Avalie a qualidade e a diversidade de recursos oferecidos pela solução. 

Existem hubs que cobram porcentagem a cada venda, enquanto outros cobram apenas uma mensalidade. Cabe a você decidir o que é mais vantajoso para a sua operação.

Leia sobre a diferença entre ERP, integrador de marketplace e plataforma de vendas

Vale a pena vender em vários marketplaces com um hub de integração?

O e-commerce continua crescendo. Segundo artigo publicado na ABCOMM, o faturamento do e-commerce em 2024 terá salto de mais de 10%, atingindo a marca de R$ 205,11 bilhões. Além disso, o ticket médio deve girar em torno de R$ 490, enquanto o número de pedidos chegará a marca de 418 milhões. 

Para complementar esses dados, e reforçar o crescimento do e-commerce em 2024, dados da Opinion Box mostraram que 54% dos consumidores pretendem comprar online com mais frequência no primeiro semestre de 2024.

E quem está fazendo compras em lojas virtuais, em algum momento, se depara com os principais marketplaces, como Amazon, Americanas, Magazine Luiza e Mercado Livre, ainda mais em datas consideradas importantes, como o Amazon Prime Day ou a Black Friday. Ou seja, se fazer presente em vários marketplaces é uma decisão que pode beneficiar suas vendas de forma abrangente.

Ao vender em múltiplos marketplaces, também fica claro que a sua loja pode alcançar um público mais amplo e diversificado, aumentando suas chances de atrair novos clientes e gerar mais vendas. E quanto mais você consegue distribuir seus produtos em diferentes marketplaces, menor será a dependência de um único canal de vendas. Essa variabilidade o torna menos vulnerável a flutuações no tráfego ou mudanças nas políticas de uma plataforma específica.

Para quem gosta de análises e excelentes insights, ao vender em múltiplos marketplaces, os negócios terão acesso a uma variedade de insumos sobre o comportamento do consumidor, o desempenho dos produtos e as tendências de mercado. Com esses dados em mãos é possível otimizar suas estratégias de vendas e marketing.

Está esperando o que para potencializar seus resultados por meio da venda em marketplaces com o apoio de um hub de integração? A Ideris é o integrador mais completo para gerenciar sua operação e o parceiro ideal para seu negócio. Para saber mais, entre em contato com um de nossos consultores.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp