6 categorias de produtos em alta para a Black Friday 2021

22/09/2021

produtos em alta black friday 2021

A Black Friday 2021 no País promete trazer bons rendimentos aos lojistas, com previsão de alta nas vendas de produtos consagrados entre os brasileiros, principalmente durante a pandemia. 

Motivados pelas facilidades das compras online e novas prioridades na rotina, as pessoas  estão cada vez mais interessadas nas promoções da data. E, saber aproveitar essa oportunidade é essencial para atrair e fidelizar clientes. 

Quais são as projeções de vendas para o Black Friday 2021?

Se em 2020 as vendas ultrapassaram R$5,1 bilhão em faturamento no Brasil (Neotrust/Compre&Confie), a Black Friday de 2021 deve ser ainda mais próspera. 

Segundo pesquisa da Offerwise que mede a intenção dos consumidores, o interesse em aproveitar a data para realizar compras aumentou em 29%, na comparação com o ano anterior. 

Com oportunidades de vendas ainda maiores, o e-commerce aparece como grande destaque em comparação às lojas físicas.

produtos em alta black friday projeção em vendas

Quais são os produtos mais buscados pelos brasileiros?

Mas, se você está indeciso sobre o que vender, saiba que a Black Friday de 2020 pode ser um bom termômetro. Considerando o período entre o dia 26 e 30 de novembro do ano passado (Neotrust/Compre&Confie), as categorias que mais se destacaram no total de pedidos foram:

  • Moda e Acessórios;
  • Artigos para Casa;
  • Eletrodomésticos e Ventilação;
  • Beleza, Perfumaria e Saúde;
  • Entretenimento.

Já em relação ao faturamento, o segmento de Eletrodomésticos e Ventilação liderou, registrando R$1,47 bilhão. Em seguida, aparecem Telefonia, Informática e Câmeras, Entretenimento e Móveis, Construção e Decoração, que também conquistaram bons números.

Categorias de produtos para vender mais na Black Friday 2021

Seguindo os dados anteriores e a previsão do comércio para a Black Friday 2021, podemos ter uma noção de quais categorias de produtos terão destaque. 

Com o isolamento em casa, cresceu a valorização do espaço residencial, home office, e até mesmo dos momentos de lazer, o que justifica a busca maior por artigos de decoração e itens relacionados ao bem-estar pessoal. 

1 Roupas e acessórios 

Muitas vezes, quem cria uma loja virtual e começa a vender pela internet escolhe os nichos de roupas e acessórios. E não é para menos, afinal, pesquisam indicam que são os mais rentáveis do comércio brasileiro.

produtos em alta black friday

Outras vantagens são a possibilidade de vender o ano todo, a logística e capacidade de estruturar um negócio com estoque sem precisar gastar muito. O armazenamento de certas mercadorias, por exemplo, pode ser facilmente feito no lugar onde você mora, sempre atentando ao regulamento de condomínios e imóveis alugados. 

2 Produtos de beleza 

Uma pesquisa da ABIHPEC revelou que o Brasil é o 4º maior consumidor de produtos de beleza e higiene pessoal do planeta. Se considerar apenas o cenário do e-commerce, os produtos cosméticos e de higiene são referentes a 18%, a maior do País.

Com faturamento de R$7,2 bilhões em 2020, a categoria tem papel relevante no comércio nacional, sendo a segunda em volume de pedidos.

Estimulados por influencers ou até mesmo rotinas de autocuidado, produtos para cabelos, maquiagens e os famosos itens de skin care ganharam espaço, o que abre oportunidades no setor para revendedores e lançamento de marcas próprias.

3 Artigos para casa 

Ótimas opções para vender online, objetos decorativos e móveis são importantes para quem está se tornando financeiramente independente e montando sua casa. 

Além disso, o isolamento levou as pessoas a passarem mais tempo em casa ou em seu apartamento. Com isso, o conforto doméstico se tornou uma nova prioridade.

De acordo com dados da eBit Nielsen, o segmento de casa e decoração teve um dos maiores crescimento em pedidos (16%) no primeiro semestre de 2020. A variação total, na comparação ano a ano (2019/2020), chegou a 95%.

4 Entretenimento 

Mesmo com a concorrência dos e-readers (Kindle) e serviços on demand (Spotify, Deezer, etc.), os livros, DVDs e discos antigos também são responsáveis por um alto volume de vendas.

produtos em alta black friday entretenimento

Muitas pessoas buscam por exemplares originais e conteúdos digitais para leitura, como os e-books, que podem ser vendidos por preços mais atrativos por não necessitarem de embalagens e envio físico. Pode ser uma boa aposta para quem quer investir nesse nicho.

5 Eletrônicos 

Com um ticket médio bastante alto, os eletrônicos são uma oportunidade de faturar muito sem precisar de um grande volume de vendas. Produtos de informática, games, câmeras fotográficas, TVs, Home Theater’s e aparelhos de DVD e Blu-Ray são grandes representantes da categoria, uma das mais lucrativas para os vendedores durante a Black Friday.

Fique de olho na possibilidade de importar produtos, avalie se é rentável escolher essa opção.

6 Informática

Com o crescimento dos E-sports (esportes virtuais), a informática tem se destacado por possuir um cenário enorme e com grande potencial de faturamento. 

Produtos do universo gamer, como fones de ouvido, teclados e acessórios para tornar o computador mais potente são um ótimo caminho para faturar nas vendas durante a Black Friday. 

Isso porque esse público costuma estar bastante conectado às promoções da internet, basta encontrar as formas certas de encontrá-los, seja pelas redes sociais ou anúncios segmentados. 

Loja virtual com temas gratuitos para diferentes tipos de produtos

Na Dooca, você pode criar sua loja virtual utilizando as opções gratuitas de temas, desenvolvidas a partir de categorias específicas de produtos. Com eles, você tem uma base para a aparência e a organização do seu e-commerce, customizando de forma simples as informações, imagens e logos da sua marca. 

Além disso, são inúmeras funcionalidades, assim como integrações para facilitar sua vida como lojista. E sabe o que mais? Você pode testar tudo por 14 dias grátis. Conheça agora mesmo e venha ser um Doocanauta!

Escrito por Autor Convidado

22/09/2021

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Autor Convidado

Posts recentes

Dicas para vender mais roupas na internet

Dicas para vender mais roupas na internet

Se você chegou até aqui é porque já está vendendo roupas online - ou pelo menos está iniciando (e este texto também é para você). Os lojistas de roupas são um dos principais atores do e-commerce brasileiro, alavancando o setor de Moda e Acessórios. Se está crescendo e...