Como aparecer em primeiro nas buscas do Mercado Livre

27/05/2021

Para estar em primeiro nas buscas do Mercado Livre

Quer aumentar as chances de vencer a concorrência e vender mais? Trabalhe arduamente para aparecer em primeiro no resultado das buscas no Mercado Livre. Para lhe ajudar com isso, nós temos algumas dicas neste post. Boa leitura!

Assim como no Google, estar bem ranqueado – especialmente em primeiro lugar – entre os anunciantes do Mercado Livre atrai mais cliques e amplia as chances de vender. Quando os potenciais compradores acessam a busca atrás de algum item é porque precisam suprir uma necessidade.

É como se você fosse um dos vendedores de água mineral no parque. Se a sua banca estiver no melhor ponto do local, as pessoas terão acesso mais fácil ao produto. Você estará mais perto de matar essa sede. Se não for a melhor localização, é possível que passem na sua frente já com a garrafa d’água na mão. E a venda não vai acontecer.

A lógica é a mesma nos resultados de uma busca na internet, seja no Google, no Mercado Livre ou em qualquer outro marketplace. A posição sozinha não garante a venda, mas abre caminhos. Para chegar ao topo você precisa trabalhar do início ao fim, desde os primeiros passos na criação do anúncio até a reputação do seu trabalho. Tudo é levado em conta pelo algoritmo do Mercado Livre.

O que é o algoritmo do Mercado Livre?

Assim como ocorre no Google, o algoritmo do Mercado Livre analisa, a partir da busca feita pelo usuário, diversos critérios para elaborar o resultado final dessa pesquisa. O uso de palavras-chave nos anúncios (uma prática de SEO) e a própria reputação do vendedor dentro da plataforma influenciam no ranqueamento.

Além das boas práticas para ter o algoritmo trabalhando a favor (veja no decorrer deste texto algumas dicas), é interessante entender os diferentes tipos de anúncio do Mercado Livre.

Os tipos de anúncio no Meli

A plataforma oferece três tipos de anúncios diferentes. Todos são gratuitos (você só paga quando concretiza a venda), mas apresentam características distintas entre si. Existe o Grátis, o Clássico com exposição alta ou o Premium com exposição máxima e parcelamento sem acréscimo.

Agora que você já sabe o que é relevante para o algoritmo, não perca tempo e veja algumas dicas para estar na frente do concorrente e vender mais no Mercado Livre.

Conheça 7 dicas para aparecer em primeiro no Mercado Livre

Estar na ponta de cima do ranking é o espaço nobre para quem vende e para quem compra. É no topo que a maioria dos cliques acontecem, potencializando as chances de venda. Porém, para alcançá-lo há uma série de variáveis consideradas pelo algoritmo do Mercado Livre. Entenda abaixo mais sobre essas nuances – com dicas relevadas pelo próprio Meli.

1. Seja o mais completo e sucinto possível na hora de escrever o título do anúncio

O momento de cadastrar o produto no anúncio faz parte do beabá de todo seller no marketplace. Quanto melhor e mais completo for anunciado, mais pontos importantes você ganha com o Mercado Livre para ser destacado. Lembre-se também que na plataforma as palavras-chave (SEO) são muito importantes. Mire em um anúncio profissional e correto para acertar o alvo: estar em primeiro nas buscas do Mercado Livre.

2. Não subestime a importância das fotos 

A fotografia é essencial para quem deseja vender pela internet. Tanto que dicas para melhorar as fotos de produtos já foram tema do Conexão E-commerce. Lembre-se que o caminho que leva ao topo dos resultados de busca necessita de um anúncio profissional e completo. O Meli ainda sugere uma grande variedade de fotos de qualidade para exibir os produtos.

3. Busque atingir a nota máxima na descrição do anúncio

Além de detalhar o que você está vendendo ao cliente, algo importante para o processo de decisão de compra, a descrição do anúncio – incluindo a ficha técnica – cumpre um papel fundamental para o ranqueamento. Você pode acompanhar a nota do seu anúncio durante o cadastro, em tempo real. Busque os 100% para atingir uma anunciação profissional.

Na hora de cadastrar o produto ou serviço, o próprio Mercado Livre ressalta a importância disso. “Com a ficha técnica completa com os dados corretos, você é encontrado cada vez mais rápido graças aos filtros mais precisos que estamos criando”.

Portanto, preencha todos os campos com as principais características do que está vendendo, além do código universal do produto (se houver). Também não esqueça de categorizar corretamente o anúncio. Se você vende bicicletas e elas são cadastradas erroneamente em Informática, por exemplo, o anúncio ficará no final da lista.

4. Envie seus produtos com agilidade

Os anúncios que oferecem envios no mesmo dia são melhor posicionados nos resultados. Para isso, inclua o Mercado Envios Flex nas opções de envio – fazendo com que o anúncio entre no exclusivo filtro de busca Chegará hoje. Uma alternativa é o Mercado Envios Full, no qual você envia os produtos para o Centro de Distribuição do próprio marketplace.

Outro ponto importante tem a ver com o estoque. Se estiver disponível a pronta-entrega, seu anúncio será melhor posicionado. Você já percebeu que quanto menor for o prazo de disponibilidade, melhor o anúncio será? Portanto, caso não haja estoque imediato, informe para que o cliente conheça os prazos.

5. Seja um vendedor MercadoLíder

É difícil de imaginar que o anúncio de um vendedor com reputação baixa apareça em primeiro nas buscas do Mercado Livre. Para estar no topo é preciso ser confiável, cuja nota indica (para quem está comprando) que você vende muitos produtos de qualidade e proporciona uma excelente experiência de compra. Ou seja, seja MercadoLíder.

Para chegar lá, almeje a cor verde-escuro no termômetro de reputação. Após as primeiras 10 vendas, o Mercado Livre estipula a reputação a partir de critérios: se houve vendas canceladas por você, se houve reclamações e o tempo para despachar o produto (lembre-se da dica 4). Esses passos também servem para quem deseja ter uma Loja Oficial na plataforma.

6. Catálogo

Você sabia que o anúncio pode ser selecionado para aparecer no catálogo do Mercado Livre? É o marketplace quem escolhe uma lista de produtos específicos, cria os anúncios (sendo responsável pelo título, descrição e fotos) e os coloca nas primeiras posições. Se você ficou interessado, cadastre o seu produto no painel do ML e espere ser aprovado.

Tenha em mente que os melhores são selecionados, levando em conta o preço, frete grátis e/ou descontos com Mercado Envios, envios no mesmo dia com Mercado Envios Flex, condições de pagamento etc. Ou seja, para tentar estar no Catálogo, considere as dicas anteriores que estão aqui no post.

7. Mercado Ads

Uma forma de chegar a mais pessoas é por meio da ferramenta de publicidade do Mercado Livre: o Product Ads. É uma opção paga, mas o orçamento diário é definido por você. Os anúncios patrocinados são exibidos sem custo. O que é cobrado é o clique no anúncio e varia conforme o preço do produto e a categoria.

Depois que você decidiu impulsioná-lo pelo Mercado Livre Ads, o anúncio poderá aparecer nos resultados relacionados às buscas feitas pelos compradores e dentro das páginas dos produtos de outros vendedores. Todos os anúncios impulsionados são identificados com a palavra Patrocinado

DICA BÔNUS: e-book Tudo sobre Mercado Livre

Agora que você já sabe que não existe uma receita de bolo para aparecer em primeiro nas buscas do Mercado Livre, que tal aprofundar-se ainda mais sobre o funcionamento da plataforma para vender mais e melhor? Não deixe de acessar o e-book gratuito que traz tudo sobre o Meli.

27/05/2021

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts recentes

Dicas para vender mais roupas na internet

Dicas para vender mais roupas na internet

Se você chegou até aqui é porque já está vendendo roupas online - ou pelo menos está iniciando (e este texto também é para você). Os lojistas de roupas são um dos principais atores do e-commerce brasileiro, alavancando o setor de Moda e Acessórios. Se está crescendo e...