Inteligência Artificial e Big Data: o futuro do e-commerce?

18/01/2021

Inteligência Artificial e Big Data

A tecnologia para e-commerce não se limita a hardwares potentes. Existe uma infinidade de softwares e plataformas a favor das operações online! Você sabia que Inteligência Artificial e Big Data já podem ser aplicados ao comércio eletrônico e apresentar excelentes resultados? 😮

No mundo dos negócios online, é essencial se manter atento às inovações tecnológicas. Por isso, acompanhe a leitura deste conteúdo para entender o que é Big Data, o que é Inteligência Artificial e como eles podem auxiliar sua loja virtual.

O que é Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial (IA) envolve diversas tecnologias a fim de simular o dinamismo da inteligência humana, como raciocínio ágil, interpretação de respostas e tomada de decisões.

Para atingir resultados precisos, a IA utiliza algoritmos, redes neurais artificiais, processamento de linguagem, sistemas de automatização e aprendizado, entre outras ferramentas disponíveis no mercado da Tecnologia da Informação.

Engana-se quem pensa que a Inteligência Artificial se baseia apenas em respostas prontas. Pelo contrário: esse mecanismo é capaz de aprender com os feedbacks, permitindo que os programadores otimizem a experiência do usuário.

Inteligência Artificial no e-commerce

Não é exagero dizer que, nos últimos anos, o uso da IA vem ajudando a transformar as vendas e o atendimento no varejo online. Confira exemplos de Inteligência Artificial no e-commerce:

1. ABANDONO DE CARRINHO

Sabe quando vamos a uma loja e desistimos de comprar algum item quando já estamos na fila do caixa? É mais ou menos o que acontece no e-commerce quando o usuário abandona o carrinho.

Ele já navegou pela página, leu a descrição, olhou as fotos e conferiu os comentários, mas decide não fechar o pedido. Existem diversos motivos para isso, como preço final elevado, evitar comprar por impulso ou até mesmo falha na conexão de internet.

Sabia que a Inteligência Artificial pode auxiliar sua loja virtual? O sistema entende os interesses do usuário e, assim que percebe o abandono do carrinho, faz envios personalizados de e-mail marketing. Pode não significar a compra imediata assim que a pessoa abrir a mensagem, mas com certeza é uma nova oportunidade de converter uma visita em venda.

2. VITRINE OTIMIZADA

Quem chega à sua loja virtual provavelmente tem um interesse em comum: soluções dentro do seu nicho (artigos esportivos, papelaria, perfumaria, itens para PETS, cosméticos masculinos, etc.). Mesmo assim, as preferências dos consumidores não são unânimes, ou seja, cada usuário tende a ser atraído por produtos ou serviços diferentes.
Digamos que você é seller de peças automotivas (desde motocicletas até caminhões). Com Inteligência Artificial é possível criar vitrines personalizadas na home e demais páginas de categorias (vitrines autônomas). Isso porque o sistema coleta e interpreta os dados deixados pelos clientes, oferecendo experiências únicas e mais direcionadas.

3. CHATBOT

Outro uso da IA no e-commerce é o atendimento por meio de robôs (chatbot) na própria loja virtual. Para esse uso, a dica é escolher um sistema eficiente, evitando ao máximo que o cliente se sinta mal atendido e fique com má impressão.

De modo geral o chatbot é bastante útil para resolver dúvidas simples como rastreio de pedido, cancelamento de compra, 2ª via de NF-e, entre outros. Quando o assunto for mais complicado ou o usuário não encontrar a solução para seu problema, o sistema encaminha a um atendente (humano).

Principal vantagem: otimização de trabalho. Em vez de dedicar tempo para solucionar dúvidas comuns, a equipe de atendimento consegue auxiliar problemas mais complexos.

4. PESQUISA POR VOZ

Quantos dispositivos com pesquisa por voz você tem no dia a dia? No mínimo seu smartphone, certo? Mas também encontramos esse mecanismo em televisores, automóveis, notebook, smart speaker, etc.

As empresas de e-commerce mais antenadas já estão adicionando a opção de pesquisa por voz em suas plataformas. Portanto se você quer (e pode) investir nessa ferramenta de Inteligência Artificial, vá em frente!

O que é Big Data?

Você já parou para pensar em quão robusto é o fluxo de informações geradas diariamente na sua empresa? Muitas delas podem ser decisivas para a tomada de decisões estratégicas, já outras nem tanto.

Big Data é o segredo para filtrar dados, reconhecer padrões e criar planejamentos com maior precisão.

De forma resumida, podemos entender Big Data como um conjunto de ferramentas e técnicas que conseguem analisar um enorme volume de dados com velocidade, entregando resultados assertivos em pouco tempo.

Não é complicado utilizar Big Data no e-commerce, mas muitos sellers – especialmente pequenos e médios – deixam esse detalhe de lado. Um erro cruel, pois ele possibilita que os gestores sejam mais analíticos para ter insights, criar estratégias e tomar decisões importantes.

Big Data no e-commerce

O comércio eletrônico contém uma base de dados gigantesca, com muitas informações para serem exploradas. Trabalhar com eles na sua loja virtual cria muitas oportunidades de insights, planejamento, marketing digital e, claro, vendas.

Você pode começar triando e mensurando dados das plataformas de loja virtual e marketplaces (relatórios de performance, vendas, best sellers, etc.). A partir desse estudo, é possível conhecer o ticket médio dos seus clientes, a localização onde eles estão, as categorias e modelos de produtos favoritos, entre outros.

Não esqueça de também consultar as métricas das redes sociais (blog, Facebook, Instagram, YouTube, Twitter, TikTok), pois podem conter outras pistas importantes.

PRINCIPAIS VANTAGENS DE USAR BIG DATA NO E-COMMERCE

  • Conhecer melhor seus clientes;
  • Aumentar as taxas de conversão;
  • Estimular a experiência dos clientes com a marca;
  • Criar filtros e ações mais assertivos para o marketing digital e remarketing;
  • Identificar o que os consumidores mais procuram;
  • Otimizar investimentos.

O futuro é agora?

Sistemas como ERP e hub, que já existem no mercado de tecnologia, são ótimos suportes para auxiliar na captação dos dados. Além de tornarem o dia a dia da operação mais dinâmico, armazenam informações valiosas sobre todos os setores de um e-commerce.

Por isso, contar com esses softwares é um bom começo rumo à utilização de Inteligência Artificial e Big Data. O futuro não está muito distante. O futuro começa agora! 😉

Escrito por Augusto Vasconcelos

18/01/2021

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Augusto Vasconcelos

Posts recentes

Como usar as tendências do entretenimento no e-commerce?

Como usar as tendências do entretenimento no e-commerce?

Quantas vezes você acompanhou o surgimento de um modismo - oriundo muitas vezes do entretenimento - e que desapareceu logo em seguida, tão rápido quanto apareceu? Pois é. Esse é o dilema vivido por muitos vendedores de e-commerce que muitas vezes estão atentos a novas...

E-book: Como criar anúncios que vendem mais nos marketplaces

E-book: Como criar anúncios que vendem mais nos marketplaces

Tudo que você precisa saber para criar anúncios campeões! Vender um produto pela internet é mais difícil do que aparenta! Diversas etapas estão envolvidas nessa transação, desde adquirir um estoque até garantir que cada produto irá chegar na porta do comprador. Para...