Como aumentar as vendas no e-commerce: 17 estratégias que podem te ajudar

24/06/2021

como aumentar as vendas

Se você está se perguntando como aumentar as vendas no e-commerce da sua marca, nós temos algumas estratégias para te apresentar que podem ajudar a expandir os acessos da sua loja e conquistar mais clientes.

A concorrência no meio digital é alta. Para vender online não basta só disponibilizar alguns produtos na internet, é preciso implementar uma série de estratégias e boas práticas para aumentar as vendas no e-commerce da sua marca. Afinal, em poucos cliques o usuário encontra diversas opções de produtos, preços e condições de frete diferentes para comparar e escolher o que melhor lhe atender. 

17 ideias e estratégias de como aumentar as vendas no e-commerce

Para os lojistas que estão pensando em como aumentar as vendas no e-commerce, reunimos algumas ideias de ações que podem ser implementadas com a sua equipe e ajudar a elevar o número de acessos e vendas do seu site.

1. Otimize as páginas de anúncio 

A página de produto do seu site precisa transmitir credibilidade, ter uma descrição adequada, boas fotos e um layout intuitivo para que o usuário seja facilmente direcionado para a compra.

Como fazer a descrição do produto

O texto descritivo do produto deve ser fácil de entender e organizado, além de comunicar todas as informações necessárias do produto como:

  • O que é;
  • Benefícios;
  • Quais os diferenciais;
  • Modo de uso;
  • Recomendações de segurança;
  • Ingredientes ou materiais de composição.
  • Perguntas frequentes, de preferência usando perguntas reais dos clientes, assim você evita gastar tempo respondendo essas perguntas manualmente.

Caso sua empresa tenha uma equipe de marketing, é ideal que os profissionais trabalhem os textos otimizados com as técnicas de SEO para que o site ranqueie bem no Google

Tenha boas fotos que mostram de fato o produto

Garanta fotos com qualidade que realmente apresentem como o produto é.

Uma das dificuldades de quem compra online é não conseguir ver, pegar e testar o produto. Por isso, fotos e vídeos são uma boa alternativa para mostrar como o produto é e ajudar na escolha dos consumidores.

O tradicional é optar por fotos em fundo infinito, que são imagens do produto, na maioria das vezes com fundo branco, sem sombras ou muitos elementos. É o tipo de foto recomendada para usar como destaque na página do produto.

como vencer mais
Exemplo de imagem destaque no fundo infinito.

Na maioria das vezes, o fundo infinito é feito com cartolina ou tecido.

como vencer mais
Exemplo de foto tirada no fundo infinito.

Além das fotos com fundo infinito, é interessante utilizar fotos ambientadas, que são aquelas imagens mais produzidas, com cores e elementos.

 como aumentar as vendas
Exemplo de fotos ambientadas que podem agregar positivamente a página do seu produto.

Temos um post completo com dicas de como melhorar as fotos de produtos para vender online.

2. Divulgue vídeos dos seus produtos

Vídeo é um material que ajuda muito na conversão de vendas, tanto na página do próprio produto, como nas mídias sociais da marca.

Você pode adicionar vídeos de reviews na página do produto, fazer stories no Instagram do modo de uso e vídeos curtos no Reels do Instagram ou no Tiktok.

3. Incentive a compra de mais itens através de kits

Criar kits de produtos é uma ótima maneira de promover mais vendas, sempre dando alguns descontos no kit pela compra de mais produtos que atraem os consumidores. 

exemplo de kit para vender mais no marketplace
Exemplo de kit vendido na Amazon Marketplace.

4. Crie sua loja virtual em marketplaces para ampliar seu alcance 

Marketplace funciona como um shopping na internet, em que você pode vender em lojas virtuais de alta performance e credibilidade no mercado, como Amazon, Americanas, Submarino, Magazine Luiza, entre muitos outros.

Mesmo que você já possua um e-commerce próprio, é possível ampliar suas vendas e seu alcance de marca vendendo em marketplaces de marcas gigantes como as que citamos anteriormente. Afinal, são sites com taxas muito boas de acessos e retenção, além de permitir vendas de diversos produtos com facilidade e segurança.

5. Use ferramenta de mídia paga

Anunciar ajuda a aumentar os acessos da sua loja e, consequentemente, as vendas. Há diversas maneiras de fazer anúncios, mas para os e-commerces os meios mais acessíveis são o Facebook Ads, Google Ads e, no caso de quem vende em grandes marketplaces, nos anúncios da própria plataforma.

O Facebook Ads é o espaço de anúncios veiculados no Facebook e no Instagram em formato story, posts, no messenger, entre outros.

O Google Ads, como o próprio nome indica, são anúncios nas plataformas do Google: links em destaque nas pesquisas, Google Shopping, Banner em sites e aplicativos.

Caso você não tenha experiência ou conhecimento na gestão de anúncios no Facebook e Google Ads, ambas as plataformas disponibilizam cursos básicos sobre o assunto. É preciso muito teste, monitoramento, análises e otimização para gerar bons resultados.

Faça anúncios no marketplace

É permitido que os vendedores façam campanhas pagas no marketplace para promover seus produtos e colocá-los em uma posição de destaque para os usuários que acessam e navegam pelo site.

Os anúncios precisam de atenção, testes e otimização para analisar quais estão gerando mais resultados positivos ou precisando de ajustes. É interessante divulgar os produtos que você mais quer vender, e que possuem fotos de qualidade, avaliações positivas, títulos com palavras-chave e descrição completa. 

No hub de integração de marketplaces do Ideris, em que é possível fazer a gestão de todas as suas lojas em uma só plataforma, você pode criar e replicar anúncios de produtos.

6. Venda no Ideris Store

O Ideris Store é uma loja que está nos principais marketplaces, como Submarino, Americanas.com, Shoptime, Wish, Carrefour, Ponto, Casas Bahia, Extra e MadeiraMadeira. 

A principal vantagem é ter seu produto em destaque em uma loja com alto alcance e excelente reputação nos marketplaces – critério mais importante para ter um bom posicionamento nas plataformas e na hora do consumidor fechar uma compra. Além disso, o Ideris Stores cuida da divulgação, venda e papéis para você apenas preparar o envio das vendas.

7. Cuide da reputação da sua marca e das ações de pós-venda

Nos marketplaces, a reputação é uma avaliação que conta muito no ranqueamento do vendedor e na hora do consumidor prosseguir com a compra. É uma métrica que considera principalmente a nota e os depoimentos dos clientes – que aproveitam o espaço para falar sobre o atendimento, tempo de envio, estado da embalagem, se o produto corresponde ao que foi prometido na divulgação, entre outros fatores.

No caso dos e-commerces, embora não tenha uma métrica tão clara e confiável de reputação como nos marketplaces, ainda é necessário zelar pela credibilidade da marca por meio de outros indicadores, como no Reclame Aqui, nas mídias sociais e diretamente com cada cliente – pois mesmo que o consumidor não faça uma reclamação pública em alguma plataforma, ele pode difamar a marca para pessoas conhecidas.

É necessário sempre disponibilizar meios de contato de fácil acesso para o cliente falar diretamente com a empresa se tiver algum problema, desincentivando que ele torne a reclamação pública nas mídias sociais ou no Reclame Aqui.

Além de responder e solucionar rapidamente as questões negativas, é importante incentivar que os consumidores satisfeitos publiquem seus elogios nas mídias sociais ou nos comentários do site.

Tenha um pós-venda eficiente

A fidelização de clientes e uma boa reputação da marca estão conectados com um pós-venda eficaz: envio, trocas e devoluções, solução de dúvidas no uso dos produtos, manutenção do relacionamento com o cliente, entre outras etapas que podem ocorrer após uma compra. 

8. Tenha um preço competitivo

Na internet os consumidores conseguem facilmente comparar preços de produtos e frete para avaliar qual a melhor escolha. Por isso, é necessário ficar de olho na concorrência e nos valores dos produtos semelhantes aos que você comercializa para manter seu preço atualizado e atrativo. O ideal é não estar extremamente acima nem muito abaixo dos valores praticados pelo mercado.

Lembrando que nem tudo é questão de preço, mas também do conjunto de soluções e promoções que sua loja pode oferecer ao cliente. Por exemplo, seu concorrente pode oferecer o mesmo produto mais barato, mas as condições de frete dele são mais altas do que a sua, o que faz o cliente preferir a sua loja ao invés da concorrência.

A análise do preço dos concorrentes pode ser feita manualmente com frequência. Para quem vende na Amazon, é possível configurar a precificação automática. O vendedor pode apontar que deseja que seu produto esteja sempre mais barato que o da concorrência, sempre respeitando um valor mínimo. 

9. Atente-se as condições de frete

Preços e prazos do frete influenciam muito na escolha de compra dos consumidores na internet. Segundo pesquisa feita pela empresa Cuponomia, 90% dos consumidores entrevistados já desistiram de fazer uma compra por conta do valor do frete

Da mesma maneira que é importante manter um preço competitivo, é preciso buscar preços e prazos que sejam vantajosos para os clientes. Por isso, compare as propostas de diferentes transportadoras e avalie a possibilidade de fazer promoções. 

Para quem procura como aumentar as vendas, é possível fazer promoções sazonais de frete, frete grátis acima de determinado valor na sua loja, frete fixo para regiões específicas, condições de fretes mais baratos para a região que mais compra na sua loja e outras condições para viabilizar a compra de regiões mais afastadas, entre muitas outras alternativas.

10. Crie promoções

No e-commerce é importante eventualmente fazer promoções para movimentar as vendas, seja em datas comemorativas do varejo ou campanhas exclusivas da sua marca que possam chamar a atenção do público-alvo.

Entre tantas possibilidades de campanhas, estas são as mais recorrentes nas lojas virtuais:

  • Cupom de desconto para primeira compra, recompra, para datas específicas (um final de semana ou feriado, por exemplo) ou aniversário do cliente.
  • Descontos em itens selecionados, como produtos em lançamento ou que estão com saída baixa do estoque.
  • Promoções de frete.
  • Brinde nas compras acima de determinado valor.

Para quem vende em marketplace, é interessante se atentar às datas do varejo e participar de campanhas que as plataformas estão promovendo, como o Prime Day da Amazon e a famosa Black Friday, por exemplo.

11. Atualize seu site constantemente 

Em uma loja física, é comum que a vitrine seja trocada semanalmente. No e-commerce, o padrão deve se repetir para que o cliente não entre pela segunda vez no seu site e tenha a sensação que está sempre igual com as mesmas coisas.

Por isso, mantenha uma rotina de troca de banners promocionais, atualização de produtos em destaque, mudança de fotos e inserção de novas informações.

12. Disponibilize novos produtos

Além de atualizar a sua vitrine virtual com frequência, é importante apresentar novidades aos clientes, principalmente quando o nicho é de produtos que não há recompra constante e você precisa sempre estar atrás de clientes novos. 

13. Incentive a recompra

Caso seu produto seja de uso constante, que tem previsão para terminar em um período de tempo, faça um trabalho de marketing incentivando a recompra – se você possui acesso aos dados dos clientes e permissão para entrar em contato.

No marketplace o vendedor pode incentivar a recompra enviando um folder da loja virtual junto com o pedido do comprador

Por exemplo, um desodorante ou item de maquiagem é o tipo de produto que acaba em poucos meses. Você pode enviar um e-mail marketing ou SMS incentivando a recompra, oferecendo um cupom de desconto exclusivo ou dando espaço para o consumidor falar o que achou do produto.

Em empresas com poucos dados é possível fazer o contato manualmente com os clientes, ou seja, um por um. Quem possui uma lista grande pode utilizar plataformas de automação de e-mail ou SMS.

14. Carrinhos abandonados

Se você tem uma loja virtual própria, reduzir o número de carrinhos abandonados é uma estratégia comum que auxilia muitos e-commerces a aumentarem as vendas.

Para enviar um comunicado aos usuários que não finalizaram a compra é necessário utilizar um plugin ou plataforma que presta esse serviço de automação de e-mails para carrinho abandonado. 

O ideal é que o e-mail seja enviando algumas horas ou dias após o abandono do carrinho com os itens que o usuário escolheu, aproveite para relembrar a política de frete grátis da sua loja no e-mail ou até mesmo oferecer um cupom de desconto que expira em poucas horas para incentivar o fechamento da venda.

15. E-mail marketing

E-mail marketing é uma tradicional estratégia do marketing, mas quando bem implementada é um dos materiais que mais resultam em conversões de vendas. Para isso, é necessário ter uma boa base de contatos interessados no seu conteúdo e enviar e-mails relevantes – ou seja, não somente os e-mails com foco comercial, mas que entreguem conteúdo de valor.

16. Use as mídias sociais para se conectar de verdade com seu público-alvo e descobrir como aumentar as vendas

As mídias sociais são excelentes para manter contato com seus clientes, apresentar sua marca e aumentar as vendas. Porém, para que as redes sociais da sua empresa gerem resultados positivos é muito importante publicar conteúdo verídico e relevante, evitando que o uso da plataforma seja apenas um “depósito” de informações, mas sirva como um ambiente de relacionamento e conexão entre marca e consumidor.

Mostre o dia a dia da empresa, como usar os produtos, poste avaliação de clientes, preste um excelente atendimento, entre outras ações. 

Configure a sua loja no Instagram

A loja do Instagram e do Facebook é uma das melhores ferramentas que ambas as mídias proporcionam para as contas comerciais. Por isso, configure os produtos no catálogo da sua conta comercial no Instagram e na página do Facebook, adicione boas fotos, descrição curta e link para o seu site. Depois, basta marcar a tag do produto nas suas publicações para incentivar os usuários a acessarem sua loja.

17. Use o Pinterest para aumentar os acessos da sua loja

O Pinterest é uma mídia social de compartilhamento de imagens e vídeos que permite adicionar texto e links em todas as publicações. As marcas podem publicar imagens bem produzidas que tenham relação com seus produtos e adicionar texto, palavras-chaves e links para que os posts sejam encontrados pelas pessoas e gerem acessos para o site.

Os conteúdos postados no Pinterest tem uma longa duração podendo ser encontrados facilmente pelos usuários anos após a data de publicação – diferente de mídias como o Instagram em que o período de veiculação dos posts são de até 48 horas.

Esperamos que essas dicas possam ter te ajudado e que agora você tenha várias ideias de como aumentar as vendas! Se você tem alguma dúvida, envie para nós através dos comentários, será um prazer conversar com você. ⤵️ 

Escrito por Keila Boganika

24/06/2021

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Keila Boganika

Posts recentes

Dicas para vender mais roupas na internet

Dicas para vender mais roupas na internet

Se você chegou até aqui é porque já está vendendo roupas online - ou pelo menos está iniciando (e este texto também é para você). Os lojistas de roupas são um dos principais atores do e-commerce brasileiro, alavancando o setor de Moda e Acessórios. Se está crescendo e...