Conheça 15 dicas para vender e aproveitar a Black Friday 2023

28/07/2023

Você precisa receber dicas para a data mais importante do ano para o e-commerce. A Black Friday 2023 acontece no dia 24 de novembro, mas é muito maior do que apenas um dia. É, na verdade, um período rico em oportunidades para quem quer vender e também para quem quer aproveitar as ofertas para comprar. Como diz o ditado popular, é a união da fome com a vontade de comer.

Neste artigo, você terá acesso a dois tipos de dicas para preparar a sua operação de e-commerce para as datas sazonais mais importantes do calendário. Além da Black, você pode utilizar esses insights para preparar-se também para a Cyber Monday 2023 e o Natal. No total, tenha acesso a 15 dicas para a Black Friday!

7 dicas iniciais para e-commerce na Black Friday

Foco nas estratégias, com 8 dicas da Escola do E-commerce

Está começando? Conheça 7 dicas para a Black Friday

1. Tem site próprio? É hora de preparar sua estrutura

Hoje é menos comum, mas é importante estar atento à estrutura do seu site para receber um volume maior de visitas – o que não é uma preocupação se você está vendendo em marketplaces. Avalie também se há links quebrados, se as imagens e descrições dos anúncios estão corretas, sem esquecer da versão mobile – a mais importante de todas. 

2. Foque em atendimento personalizado

Muitos vendedores iniciantes cometem o erro de focar apenas na venda, sem levar em conta que a experiência de compra é fundamental para permitir a fidelização dos clientes e a manutenção e ampliação da sua credibilidade. Portanto, foque também no acompanhamento do pedido e no pós-venda.

Aqui no Blog Conexão E-commerce temos conteúdos especiais sobre isso, como estratégias de unboxing para aperfeiçoar a experiência do cliente, por exemplo. Após a compra, mantenha seu cliente informado sobre o envio do pedido e esteja preparado para atender em caso de problemas.

3. Envolva a sua equipe

Você tem um grupo de pessoas trabalhando em conjunto? É muito melhor trabalhar em equipe, não é verdade? O seu time de vendas, por exemplo, precisa estar sincronizado sobre as promoções oferecidas, condições de pagamento e políticas de troca. É possível potencializar seu atendimento e até mesmo ampliar as vendas com o uso do WhatsApp e demais redes sociais. 

4. Invista em comunicação

Apesar de ser um período bom para vender, é preciso se destacar para atrair compradores. Se não tiver redes sociais, crie as que melhor conversam com o seu nicho e invista em comunicação. As pessoas preferem assim. Segundo um estudo da Capterra, 68% dos brasileiros utilizam as redes sociais para buscar informações ou notícias sobre marcas; descontos e promoções são os principais atrativos.

5. Ofereça descontos reais

A imagem da Black Friday foi afetada há alguns anos por conta dos “descontos falsos” ou anúncios enganosos, mas com o tempo essa prática caiu, felizmente. Os consumidores estão atentos aos preços e têm acesso a ferramentas para acompanhar o histórico de preços, além dos diferentes fóruns que reúnem “caçadores” de ofertas e cupons de desconto. Portanto, faça os cálculos e precifique com responsabilidade, tanto para você quanto para os compradores. 

6. É hora de engajar seus clientes

Comunique-se com a sua base de clientes. Envie e-mails com ofertas e promoções exclusivas para a Black Friday e outras datas sazonais, sempre estimulando o senso de urgência para aquecer as vendas. Se você já traçou o perfil de quem é seu cliente, foque em ações e em produtos que melhor conversam com essa audiência.

7. Agora é hora de aplicar tudo isso na Black Friday

Sabemos que o e-commerce exige cada vez mais profissionalização e estratégias eficazes para garantir a evolução da sua operação, com segurança e qualidade. A dica final é o resumo de tudo o que você leu até aqui: criatividade e honestidade são valores importantes. Invista nisso. Boas vendas!

imagem de carrinho de compras como pessoa fazendo compra online de fundo

Escola do E-commerce: o que você precisa saber para montar um e-commerce e faturar na Black Friday

Defina sua persona e saiba onde ela está

Se você é iniciante no mundo digital, saiba que definir a persona do seu negócio é um passo importante que não pode ser deixado de lado. Afinal, na internet não é possível atingir todos os públicos, assim como no varejo. É preciso definir quem é a sua persona (o público do e-commerce que você montar quer atingir). Para isso, a melhor maneira é criar sua persona – um personagem semifictício que possui a representação do seu cliente ideal. A persona é que vai te ajudar na criação das melhores estratégias e na elaboração de conteúdo.

E como montar a sua persona? 

Pesquise sobre o seu público-alvo e, com base nesse público, responda às seguintes perguntas: 

  • Qual o nome e idade da sua persona;
  • Qual a formação, ocupação, cargo e renda mensal dessa persona?
  • Qual é a rotina do dia a dia dela (tarefas e deveres)?
  • Quais seus hobbies, principais objetivos e problemas?
  • Montar seu e-commerce vai resolver alguma dor dessa persona?
  • A partir dessas informações será possível identificar com mais clareza quem é o seu cliente ideal e você conseguirá se comunicar melhor com ele. 

Defina seus canais de contato

Após conhecer a sua persona, será fácil saber em qual canais de comunicação ela está mais presente. Então, será mais fácil delimitar as redes sociais utilizadas para a produção de conteúdo para seu e-commerce e qual será o tom de voz da sua comunicação com ele. Acredite: definir os melhores canais vai estreitar a comunicação entre vocês e gerar muito mais resultado. 

Produza conteúdo relevante

Após conhecer a sua persona e saber quais os canais que ela mais utiliza, é chegada a hora de produzir conteúdos que conversem diretamente com ela com o intuito de atrair usuários que podem ser clientes em um futuro próximo. 

E como fazer isso? Lembra quando falamos lá em cima na importância de conhecer a sua persona? Então, sabendo quem é, seus objetivos de vida, seus problemas e dores é meio caminho já andado para produzir conteúdos informativos e transformar as dúvidas em soluções. A partir daí, você consegue inserir este conteúdo nos mais diversos formatos como: blog posts, vídeos curtos para as redes sociais e até conteúdos mais específicos como e-books, e-mail marketing e newsletter. 

Invista numa boa experiência de compra

Um e-commerce de sucesso precisa investir no relacionamento com o cliente. Com a demanda crescente, não basta apenas entregar seu produto no prazo, com um bom preço e qualidade. Isso é o mínimo que tem que ser feito. É necessário oferecer uma boa experiência de compra para seus clientes. 

Portanto, analisar como é o processo de compra, pagamento e envio na sua loja virtual é parte fundamental para otimizar essa experiência de compra e deixar o caminho cada vez mais intuitivo para seus clientes. E não se esqueça de caprichar na entrega. Aposte nos estímulos visuais e sensoriais para fidelizar de uma vez só aquele cliente. 

Ofereça um atendimento fora do comum ao montar seu e-commerce

Sabe quando você vai numa loja pela primeira vez e se sente em casa? É bem acolhido, bem atendido, tem seu espaço respeitado e ainda encontra tudo o que estava procurando? 

Com certeza é uma das melhores sensações do mundo. No meio online também é necessário prestar esse atendimento humanizado e entender que bem depois da tela existe uma pessoa, que precisa ser respeitada e deseja ser atendida da melhor maneira possível. Invista no atendimento humanizado, no pré e no pós-venda. Dessa forma seu e-commerce terá resultados positivos.

Trabalhe o SEO do seu e-commerce

Especialistas afirmam que o tráfego orgânico é o canal de aquisição mais barato que existe. Aí está a importância de trabalhar com SEO dentro da sua loja virtual. Um esforço que não leva investimentos financeiros, mas demanda tempo e dedicação e, por esse motivo, muita gente acaba deixando de lado.

  • Otimize as URLs da sua loja;
  • Faça pesquisa de palavras-chave;
  • Capriche na descrição de produtos usando a linguagem que a sua persona entende;
  • Otimize as imagens da sua loja;
  • Monitore sempre o tempo de carregamento da sua loja. 

Invista em mídia paga ao montar seu e-commerce

A mídia paga serve como um ótimo canal de aquisição, para que o seu cliente ideal saiba da existência da sua loja e se depare com ela – através de anúncios pagos no Google, Facebook e Instagram Ads. É um bom caminho para você que deseja iniciar as vendas no e-commerce. Através dos anúncios pagos é possível aumentar o alcance das suas publicações e gerar mais tráfego para sua loja virtual, inclusive para alcançar melhores resultados na Black Friday.

Conteúdo escrito por Dani Kmiec e Escola do E-commerce, atualizado em julho de 2023

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp