Tendências do varejo online 2022

Escrito por Keila Boganika

22/12/2021

Já sabe quais são as tendências do varejo online para 2022? É sempre importante ficar de olho nas movimentações do mercado para manter o seu negócio atualizado e crescendo.

Todos os anos diversas empresas nacionais e internacionais promovem estudos e pesquisas sobre as principais tendências que estão chegando – e entre 2021 e 2022 não foi diferente! Por isso, nós selecionamos os principais levantamentos de dados sobre as tendências do varejo online para ajudar nossos sellers a se prepararem para sair na frente da concorrência.

Como saber se as tendências do varejo são válidas para o seu negócio?

Entre tantos estudos e acontecimentos, é importante entender que nem sempre as previsões são válidas para todas as empresas.

É necessário saber avaliar o que faz sentido para o nicho do seu negócio, se a inovação te colocará à frente da concorrência ou se atende uma necessidade real da sua marca ou do seu cliente.

Quais são as principais tendências do varejo online para 2022?

  • Venda via marketplaces
  • Entrega imediata
  • Consumo online na terceira idade
  • Marketing hipersonalizado
  • Voice Commerce
  • Segurança cibernética
  • Maior concorrência online

Venda via marketplaces

Há anos o segmento de marketplaces é destaque nas vendas online. Um exemplo disso é que só no primeiro trimestre de 2020, os marketplaces representaram 78% do faturamento totalmente do e-commerce brasileiro, segundo levantamento feito pela Neotrus.

Mesmo com a ascensão dos principais marketplaces do país nos últimos anos, em 2022 essas plataformas continuarão crescendo e lançando novas possibilidades para os vendedores trabalharem. 

Inclusive, estima-se que uma parcela dos consumidores, ao invés de buscarem por um produto no Google, irão buscar diretamente o que querem nos seus marketplaces preferidos.

Por isso, vale a pena continuar aplicando estratégias para vender mais em marketplaces e “surfar” nesse movimento que continua proporcionando que milhares de empreendedores vendam e cresçam na internet. 

Entrega imediata

Segundo pesquisa do Mercado Pago feita para entender os motivos dos clientes por trás de um carrinho abandonado, 53% dos consumidores entrevistados afirmaram já ter abandonado uma compra no e-commerce devido ao preço e prazo do frete.

A necessidade de oferecer boas opções de frete sempre existiu, mas devido a “corrida da entrega rápida” que aconteceu em 2021 e com novas soluções de logística do mercado, a tendência de envios absurdamente rápidos é realidade para os próximos anos do e-commerce.

Consumo online na terceira idade

Com a pandemia, diversos perfis de consumidores se adaptaram e ingressaram nas compras online, o que fez a maturidade digital da terceira idade aumentar.

Segundo estudo realizado pela Kantar IBOPE Media, em 2020, 85% dos idosos conectados à internet a utilizam para obter informações sobre produtos ou serviços antes de uma compra, e 75% efetivamente adquiriram algo online.

Infelizmente, ainda uma parte do comércio online não espera pelo público da terceira idade e não tem nenhuma estratégia voltada para eles. Por isso, vale testar direcionar anúncios para esse perfil de consumidor, disponibilizar novas facilidades na usabilidade do site, prestar um atendimento atencioso e paciente, entre outras possibilidades para abraçar esse novo consumidor das vendas online.

Marketing hipersonalizado

Com a análise de dados tão presente nas empresas, estratégias de marketing cada vez mais hipersonalizadas são uma tendência forte de 2022 para os varejistas online.

Ofertas com base no perfil e histórico do consumidor, atendimento personalizado, seleção exclusiva de produtos, entre diversas outras ações que fazem parte da estratégia de marketing hiperpersonalizado — que é uma das macrotendências apontadas por um estudo na PwC.

Lembrando que para oferecer ações personalizadas com base em dados dos clientes, as empresas precisam da permissão dos usuários para acessar e manipular essas informações, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Voice Commerce

Nos últimos anos a busca por smart speakers, como a Alexa da Amazon, cresceu absurdamente. Segundo levantamento da Ilumeo, o uso de dispositivos com comando de voz aumentou 47% entre os brasileiros durante a pandemia.

Smart speaker é um aparelho com diversas funções, mas entre as principais está a de ser um assistente virtual que funciona como um centralizador de comandos de voz feitos ao assistente. É possível fazer perguntas e ouvir o aparelho responder, comprar online através dele, solicitar para a ferramenta apagar a luz da casa, entre milhares de outras funções.

Com a popularização desses aparelhos, a compra por comando de voz consequentemente cresceu no Brasil. Portanto, as empresas que desejam estar à frente da concorrência e oferecer uma experiência prática de compra, não podem negar a tendência do Voice Commerce.

Uma das principais maneiras de atender a demanda do Voice Commerce é otimizar títulos e descrições de produtos para uma linguagem mais próxima do que é buscada, algo mais natural e com foco em perguntas, além de usar termos populares nas pesquisas por voz.

Segurança cibernética

O universo do e-commerce sempre esteve envolvido em pautas sobre segurança de dados, principalmente por envolver dados tão sensíveis como de pagamento. Após anos em que a LGPD esteve em foco, em 2022 a tendência é que os clientes continuem cobrando segurança cibernética das lojas virtuais e não aceitando mais possíveis deslizes das empresas, como solicitar dados desnecessários e vazamento de dados.

Portanto, os empreendedores precisam estar atentos às regras de uso de dados e fornecer meios de venda seguras para todos os seus clientes. 

Maior concorrência online

Com o crescimento do e-commerce de 2020 que se manteve em 2021, mais empresas ingressaram no digital e estão desenvolvendo estratégias para se manterem em alta nesse meio. Então, consequentemente, maior será a concorrência online entre lojas virtuais.

Por isso, é fundamental se manter atento às tendências do varejo, aplicar estratégias que fazem sentindo com o seu negócio e prestar um bom atendimento para todos os clientes que passarem pela sua loja virtual. Dessa maneira, seu negócio se mantém competitivo e em destaque perante o público-alvo e a concorrência. 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.