Como fazer as 10 primeiras vendas no Mercado Livre

25/02/2021

10 primeiros anuncios meli

Visibilidade, credibilidade e oportunidades são palavras facilmente atribuídas ao Mercado Livre. Desde o início da pandemia no Brasil, em fevereiro de 2020, até o final do mesmo ano, o marketplace registrou crescimento de 21% no número de visitas. Somente em janeiro de 2021, já foram quase 300 milhões de acessos ao site.

Números como esses comprovam que o maior marketplace da América Latina é sucesso absoluto no e-commerce brasileiro. Mas você sabia que as 10 primeiras vendas no Mercado Livre são de suma importância para a reputação da sua loja virtual?

Acompanhe este conteúdo para descobrir como otimizar sua operação, vender melhor e se destacar da concorrência. Boa leitura!

Como vender no Mercado Livre

Com mais de duas décadas de história, o Mercado Livre é o maior marketplace do Brasil em número de acessos e uma das plataformas mais inovadoras do mercado. Prova disso são as soluções criadas para contribuir com o sucesso dos sellers parceiros. Centros de armazenamento e distribuição (Mercado Envios Full), malha logística (incluindo aeronaves), Mercado Envios (logística mais acessível), Mercado Pago (plataforma de pagamentos), entre outros.

DANDO O START

  1. Após acessar o site do Mercado Livre, clique no botão “crie a sua conta” que aparece na home.
  2. O sistema vai redirecionar você para um formulário pessoal.
  3. No cantinho direito superior, clique em “criar uma conta de empresa”.
  4. Preencha as informações solicitadas.
  5. Feito isso, clique no botão “vender” e comece a criar anúncios para seus produtos.
  6. Serão diversas etapas de cadastro, todas elas intuitivas e fáceis de compreender (condição, ficha técnica, quantidade em estoque, fotos e vídeos, etc.).
  7. Para validar sua identidade, o Mercado Livre solicitará alguns dados pessoais.
  8. Defina o preço e escolha o tipo de exposição que quer para o anúncio (Grátis, Clássico, Premium).
  9. Escolha a plataforma de envio.
  10. Confirme o endereço de onde suas mercadorias serão enviadas para que o sistema possa calcular o frete.

Importante saber: o Mercado Livre não cobra taxa de cadastro, mas desconta comissões sobre cada venda realizada. Essas porcentagens variam de acordo com a categoria e o tipo de produto (consulte no próprio marketplace). Após realizada a venda, você receberá o dinheiro por meio do Mercado Pago (saiba mais aqui).

Por que as primeiras 10 vendas são importantes?

O Mercado Livre leva a reputação dos sellers muito a sério. O marketplace mostra essa informação em seu perfil somente após suas 10 primeiras vendas. Para isso, usa como base a qualidade da experiência que você proporciona aos clientes.

Ter uma boa reputação no Mercado Livre é importante para você, que consegue ter benefícios de visibilidade e descontos; para os clientes, que se sentem mais seguros para fazer a compra, e para o marketplace, que mantém sua credibilidade no e-commerce.

São consideradas as seguintes variáveis para compor a reputação dos vendedores:

RECLAMAÇÕES DOS CLIENTES

Reputação Verde: reclamações feitas por compradores não podem ultrapassar 3% do total de vendas.

Reputação Amarela: reclamações feitas por compradores não podem ultrapassar 7% do total de vendas.

Reputação Laranja: reclamações feitas por compradores não podem ultrapassar 12% do total de vendas.

TEMPO PARA POSTAGEM DE PRODUTOS

Reputação Verde: máximo 15% do total de vendas.

Reputação Amarela: máximo 20% do total de vendas.

Reputação Laranja: máximo 30% do total de vendas.

VENDAS CANCELADAS PELO SELLER

Reputação Verde: você pode cancelar até 3% das suas vendas.

Reputação Amarela: você pode cancelar até 7% das suas vendas.

Reputação Laranja: você pode cancelar até 10% das suas vendas.

Existem algumas exceções, criadas pelo Próprio Mercado Livre, que não comprometem sua reputação no marketplace (consulte aqui).

Qualidade das vendas

Você deve dedicar excelência a todas as suas vendas no Mercado Livre, mas os 10 primeiros pedidos merecem atenção especial para ativar seu termômetro de reputação. Pensando nisso, reunimos algumas dicas para vender com qualidade e garantir a boa experiência dos clientes.

1. CADASTRO E PLANEJAMENTO

Para começar com o pé direito, cadastre seus produtos informando a disponibilidade exata do estoque, evitando vender algo que não tem. Além disso, preencha os dados de modo estratégico – desde o título do anúncio até a descrição, fotos e vídeos.

Forneça o máximo de informações para que os usuários encontrem tudo o que precisam saber na página do produto, afinal, essa é a primeira experiência deles com seu e-commerce. Caso entrem em contato, responda o mais breve possível para sanar as dúvidas.

Também é importante ter um bom planejamento, definindo o nicho que quer atingir, uma margem de lucro vantajosa (inclusive quando fizer ofertas), escolher parceiros de logística e negociar com fornecedores para reforçar o mix de produtos.

2. ATENDIMENTO

Você já deve ter visto algum case de atendimento ruim, talvez até tenha passado por experiências negativas. É chato, não acha? Então não reproduza esse erro!

As pessoas gostam de ser bem tratadas e preferem sentir que estão falando com outra pessoa, ou seja, você deve humanizar seu atendimento. Evite respostas prontas, mas quando o fizer, lembre-se de incluir o nome do usuário e ser cordial.

Por exemplo: “Olá, Fabiana. Obrigado por entrar em contato. Infelizmente o iPhone 11 não tem memória expansível, mas uma boa dica é assinar o armazenamento em nuvem da Apple (iCloud) para contornar isso. O preço é bastante acessível e você ainda pode acessar os arquivos pelo computador. Se ainda assim deseja um aparelho com mais memória interna, também temos a versão com 128GB. Confira em nossa página! 😉”.

3. ENTREGA

Atrasos na entrega são totalmente prejudiciais às vendas online. Primeiro que o cliente fica insatisfeito e pode avaliar sua loja negativamente no Mercado Livre. Segundo, que sua reputação perderá pontos. Por isso, cumpra os prazos estipulados tanto para a expedição quanto para o envio da mercadoria.

Outro ponto de atenção é a qualidade das embalagens: jamais utilize materiais com resistência insuficiente para embalar o produto. Quando sobrar espaço dentro da caixa ou envelope, preencha com plástico bolha ou papel pardo (opção mais sustentável) para evitar danos à mercadoria.

4. SEGURANÇA

Antes fazer o envio, confirme os dados de entrega e do comprador. Libere o produto somente se houver confirmação de pagamento na sua lista de vendas ou na conta do Mercado Pago.

Para saber mais sobre segurança de vendas, confira nosso conteúdo sobre os principais golpes no Mercado Livre (disponível aqui).

5. CONTINUIDADE

Após as 10 primeiras vendas no Mercado Livre, o termômetro de reputação da sua loja estará liberado – salvo algumas exceções em que o marketplace pode apontar fraude. Tendo conquistado esse espaço, o trabalho será constante: valorize a experiência dos clientes.

Com planejamento, preços competitivos e bom atendimento a tendência é que você consiga escalonar seu negócio. Dê continuidade à qualidade da sua operação e conquiste cada vez mais espaço no maior e-commerce do país!

Escrito por Augusto Vasconcelos

25/02/2021

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Augusto Vasconcelos

Posts recentes

Dicas para vender mais roupas na internet

Dicas para vender mais roupas na internet

Se você chegou até aqui é porque já está vendendo roupas online - ou pelo menos está iniciando (e este texto também é para você). Os lojistas de roupas são um dos principais atores do e-commerce brasileiro, alavancando o setor de Moda e Acessórios. Se está crescendo e...