Como escolher uma impressora térmica de etiquetas

20/11/2020

Como escolher a impressão térmica

A impressão de etiquetas e notas fiscais faz parte do dia a dia de quem trabalho com e-commerce, mas você sabe como escolher uma impressora térmica? Esse é o tema deste conteúdo, então se você precisa de algumas dicas, acompanhe o texto até o final!

O que é impressora térmica?

Antes de tudo, vamos resumir o que é impressora térmica e quais suas vantagens para sua operação. Diferentemente de outros tipos de máquina, a impressora térmica não precisa de cartucho ou toner. Como ela imprime? Reproduzindo a imagem ou texto por meio de “queimaduras” em papel termocrômico. Seu sistema esquenta a uma temperatura suficiente para marcar o papel sem danifica-lo, mas é essencial utilizar o papel certo.

Impressoras térmicas são bastante seguras, econômicas e eficientes para imprimir etiquetas, código de barras, notas fiscais, recibos, comprovantes e outros tipos de documentos necessários ao cotidiano de uma loja virtual. Outra vantagem interessante é a agilidade do processo, permitindo imprimir mais documentos em menos tempo.

Como escolher uma impressora térmica

Existem diversos modelos de impressora térmica no mercado – com variação de preço e capacidade produtiva. Por isso, vale a pena conferir as dicas a seguir para saber como escolher uma impressora térmica!

1. TAMANHO PARA ESCOLHER UMA IMPRESSORA TÉRMICA

Pensar na disponibilidade de espaço onde os equipamentos serão instalados ajuda a evitar o transtorno de não saber onde acomodar a máquina. Por isso, antes de comprar uma impressora térmica, confira suas dimensões e qual será o melhor lugar para instala-la. Há desde modelos robustos, chamados de industriais, até aparelhos mais compactos – alguns podem inclusive ser transportados dentro de uma mochila.

2. VOLUME DE IMPRESSÃO

Pense na quantidade de etiquetas, notas fiscais e outros documentos que você imprime por mês, sempre com uma margem a mais para os casos em que sua loja virtual aumenta as vendas. Se não for um volume muito grande, geralmente é recomendado escolher uma impressora térmica desktop.

Já se a quantidade de etiquetas impressas mensalmente é bastante expressiva, ou seja, demanda bastante tempo e recursos, a impressora térmica industrial será a opção mais vantajosa. Isso porque o modelo possui peças de metal (mais resistentes) e permite uso por um longo tempo sem parar o fluxo de trabalho para fazer a manutenção do equipamento.

Além da durabilidade, outras vantagens da impressora térmica industrial são a velocidade de impressão em curtos períodos de tempo e o tamanho dos insumos (etiquetas e ribbons), possibilitando ampliar a produção diária.

3. RESOLUÇÃO

Qualquer documento fiscal precisa ser nítido, certo? No caso das impressoras, leve em consideração que a maioria delas possui resolução de 203 dpi (pontos por polegada), que dá conta de imprimir código de barra em tamanho normal/padrão e textos legíveis.

Mas se você procura uma impressora térmica com alta resolução, prefira modelos de 300 ou 600 dpi. Elas são mais caras, mas oferecem impressão de qualidade superior e conseguem reproduzir códigos de barra de 1cm de largura e textos BEM pequenos.

4. CONEXÃO

Outro quesito essencial para saber como escolher uma impressora térmica é avaliar as possibilidades de conexão que a máquina oferece (USB, Serial, Ethernet, Wi-fi, entre outras). As opções de portas de entrada mais comuns nesses aparelhos são: Serial RS-232, Paralela, USB ou Rede (RJ-45.)

Você vai encontrar impressoras térmicas com uma ou duas opções de conexão, em sua maioria, mas há alguns modelos com quatro portas de entrada.

É necessário estar atento, ainda, à linguagem da máquina (padrão de comunicação entre ela e o software que gera etiquetas). A marca Zebra, por exemplo, utiliza a linguagem de impressão ZPL. A maioria das impressoras térmicas consegue “emular” as linguagens mais comuns, então dificilmente isso será um impeditivo para escolher o modelo X ou Y. De qualquer modo, é sempre válido conversar com um profissional de TI.

5. CARACTERÍSTICAS COMPLEMENTARES

Os critérios apresentados nos tópicos anteriores são básicos para escolher uma impressora térmica, mas existem algumas características complementares que podem ser mais ou menos interessantes para a gestão do seu e-commerce. Veja quais são:

  • Sensores móveis: ideal para etiquetas em formatos diferenciados, mas disponível somente em impressoras térmicas industriais.
  • Cabeçote mais largo: permite imprimir etiquetas de 6’’, 8’’ e 10’’ sem precisar trocar a orientação da página. É um recurso que facilita a impressão de folhas maiores, então nem sempre é importante para os lojistas do comércio eletrônico. Zebra ZM600 e Sato M10e são duas opções com bom custo x benefício.
  • Guilhotina: esse extra possibilita separar as etiquetas em um rolo contínuo, ou seja, sem divisões (boa dica para quem imprime etiquetas com alturas diferentes).
  • Destacador: separa a etiqueta do liner.
  • Rebobinador: rebobina a etiqueta já impressa para outro rolo, somente com etiquetas prontas.
  • Frente e verso: para utilizar os dois lados da folha de impressão.
  • RFID: esse recurso extra é um facilitador para quem utiliza identificação de produtos por radiofrequência – ótimo para controlar estoque com precisão. Algumas impressoras térmicas industriais gravam o RFID no momento em que estão imprimindo a etiqueta ou tag.

Qual a melhor impressora térmica?

De um modo sucinto, podemos dizer que a melhor impressora térmica é aquela que atende às suas necessidades unindo bom desempenho e economia de insumos. A seguir apresentamos cinco opções de impressora térmica de etiquetas para que você possa ter um panorama dos modelos disponíveis no mercado.

ZEBRA GC420T

zebra

Dimensões: 30 x 20 x 20 cm
Conexão: USB
Velocidade de Impressão: 102 mm/s
Largura da impressão: 104 mm
Resolução: 203 dpl
Processador: 32 bits
Saiba disso: imprime etiquetas e códigos de barra.

 

 

ELGIN 2309307

impressora térmica elgin

Dimensões: 30 x 20 x 20 cm
Conexão: USB
Velocidade de Impressão: 200 mm/s
Largura da impressão: 80 ± 0.5mm
Resolução: 203 dpl
Saiba disso: tem fácil instalação e conta com serrilha para cortar o papel.

 

 

 

EPSON TM-T20

impressora-epson

Dimensões: 19 x 23 x 23 cm
Conexão: USB
Velocidade de Impressão: 150 mm/s
Resolução: 203 ppp
Saiba disso: pode ser instalada na vertical ou horizontal e vem com todos os acessórios.

 

 

BROTHER QL800

impressora térmica brother

Dimensões: 18 x 26 x 23 cm
Conexão: USB
Velocidade de Impressão: 93 etiquetas/minuto
Resolução: 300 x 600 dpi
Saiba disso: estabelece conexão apenas com os sistemas Windows e macOS (sistema operacional do Mac).

 

 

DYMO 1756692

impressora térmica dymo

Dimensões: 58.74 x 28.57 x 19.68 cm
Conexão: USB
Velocidade de Impressão: 71 etiquetas/minuto
Resolução: 300×600 dpi
Saiba disso: imprime mais de 60 tamanhos e formatos de etiquetas (endereço e expedição, para arquivos/pastas, placas de identificação e vários outros).

 

 

Sobre como escolher uma impressora térmica, concluímos que…

Impressora térmica vale muito a pena! Antes de escolher um modelo, verifique como é a assistência para os aparelhos da marca em sua cidade. Em alguns casos, vale a pena comprar uma impressora térmica; em outros, é melhor alugar.

Faça sua pesquisa de mercado, converse com outros empreendedores e tire suas dúvidas com o SAC da empresa.

Gostou do conteúdo sobre como escolher impressora térmica de etiquetas? Acesse nosso blog e confira outras pautas interessantes para o seu negócio de e-commerce!

Escrito por Augusto Vasconcelos

20/11/2020

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por Augusto Vasconcelos

Posts recentes

O que é Picking e Packing?

O que é Picking e Packing?

Picking e Packing é um grupo de métodos de logística para organizar e melhorar a eficácia dos processos da expedição. Na tradução livre, o termo “Picking e Packing” significa “separar e embalar”.

O objetivo do Picking e Packing é implementar uma estratégia de trabalho que ajude a aumentar a agilidade e diminuir erros na separação e envio dos pedidos.

Google Trends: o que é e como usar para vender mais

Google Trends: o que é e como usar para vender mais

Não é espantoso para ninguém que o Google é o site mais acessado do mundo. O cenário é o mesmo no Brasil, com uma média de 4 bilhões de acessos por mês. A força desse motor de busca faz com que ele seja e ofereça ferramentas absurdamente poderosas. Uma delas é o...