Os principais Marketplaces de Moda!

Atualizado em 14/04/2021 | Publicado em 11/07/2018

Marketplaces e moda uma boa aposta

Em um período de grande crescimento da comunicação e venda pela internet, os marketplaces de Moda têm se destacado como uma das categorias mais bem avaliadas no setor.

Segundo um levantamento da Conversion – consultoria de performance & SEO, durante o período de restrições que vivemos em 2020, a taxa de crescimento do e-commerce de moda chegou a 95,27%. O estudo analisou as 50 principais lojas online do Brasil, no mês de maio. Juntas, elas tiveram 1 bilhão de visitas e registraram um crescimento médio de 51% na audiência em relação ao mês anterior.

Para acompanhar esse crescimento, o atendimento virtual precisou se adaptar ao novo momento, promovendo melhoras e qualificação de equipe remota. A pesquisa Estudo de Satisfação do E-consumidor, feita em 2019 com base em avaliações de produtos e lojas brasileiras, revelou que os consumidores estão mais satisfeitos com o atendimento e recomendam a compra em lojas on-line de produtos das categorias de moda, calçados, cosméticos, eletrônicos e ferramentas.

Com um alto volume de sites de moda utilizando o marketplace como canal de venda, o desafio é se destacar diante de tantas empresas do mesmo ramo. A principal resposta pode estar no planejamento e na estratégia digital. Ter um público e nicho de mercado bem definido pode ser um primeiro passo para se destacar, seguido de boas estratégias de marketing para internet.

Sendo a moda um mercado amplo, o investimento em segmentos específicos permite que o marketing atue para pessoas com características e interesses comuns, escapando da concorrência com uma grande rede.

Marketplaces de moda: os mais buscados pelos usuários

Netshoes/Zattini

Conhecido como “O maior site de lifestyle esportivo da América Latina”, a Netshoes começou nos anos 2000 com uma pequena loja em São Paulo, iniciando suas operações on-line já em 2002. Em apenas cinco anos, a empresa fechou todas as suas filiais físicas para ter somente o site como ponto de vendas.

A Zattini, criada em 2014, é o e-commerce desenvolvido pelo grupo Netshoes para o mercado de moda e beleza. Nos produtos mais comuns na plataforma estão peças de vestuário masculinas e femininas, produtos de beleza, maquiagens e perfume.

A partir de 2018, a Netshoes passou por mudanças administrativas e acabou vendendo suas operações fora do Brasil e, em abril de 2019, foi vendida para a Magazine Luiza.

GFG – Dafiti, Kanui e Tricae

O Global Fashion Group (GFG) é um dos maiores grupos internacionais de moda do mundo e no Brasil é representado pelas marcas Dafiti, Kanui e Tricae.

A Dafiti foi criada em 2011 e é considerada um dos maiores marketplaces de moda e lifestyle da América Latina. Com diversos nichos desse mercado, o destaque maior é para moda feminina, masculina e acessórios.

Fundada também em 2011, a Kanui atua para um foco mais específico em esportes radicais. A plataforma vende roupas voltadas para skatistas e surfistas, além de equipamentos, suplementos e acessórios para todos os esportes.

Já a Tricae tem um foco voltado para roupas e acessórios infantis. Produtos como berços, brinquedos e outros são os destaques da loja on-line.

Experiência otimizada nos marketplaces de Moda

Para que sua experiência vendendo em marketplaces de moda seja mais simplificada, aposte em um hub de integração. Em parceria com seu ERP, esse sistema otimiza não apenas a gestão interna do seu negócio, mas também sua capacidade de escalonar vendas. Controle de estoque, logística e anúncios em marketplaces são apenas algumas das funcionalidades que o hub de integração centraliza. Quer saber mais sobre as vantagens de ter esse sistema? Confira nosso conteúdo sobre a importância de usar hub em marketplace.

Escrito por Augusto Vasconcelos

Atualizado em 14/04/2021 | Publicado em 11/07/2018

Conheça o Podcast do Conexão E-commerce!

0 comentários

Escrito por Augusto Vasconcelos

Posts recentes

Ideris lança o podcast Conexão E-commerce

Ideris lança o podcast Conexão E-commerce

Dê o play e ouça o que os especialistas em e-commerce têm a dizer! A partir desta sexta-feira (7), Spotify, iTunes, Google Podcasts, Deezer e os demais agregadores de conteúdo em áudio passam a receber os episódios do Conexão E-commerce, o podcast do Ideris!...