Certificado Digital para E-commerce: o que é e como conseguir?

Escrito por Autor Convidado

01/11/2021

Caso você não saiba, o certificado digital para E-commerce é algo essencial para as lojas virtuais. Isso porque ele é eficiente para aumentar a segurança dos sites, evitando possíveis roubos e fraudes, o que é algo que preocupa tanto quem compra, quanto quem vende online…

Só para você ter uma ideia, de acordo com o levantamento Mapa da Fraude, realizado pela Clearsale, foram feitas mais de 150 milhões de transações digitais no 1º semestre de 2021 e cerca de 2,6 milhões foram tentativas de golpe.

Diante disso, não existem dúvidas de que ter um certificado digital para e-commerce é algo indispensável para quem atua no mercado. Então, se você deseja saber mais sobre o assunto, continue a leitura do artigo!

O que é Certificado Digital Para E-commerce?

O certificado digital para e-commerce atua como uma assinatura eletrônica. Por meio desse arquivo, é possível autenticar a identidade de pessoas físicas e jurídicas, garantindo a proteção das transações realizadas online. Ou seja, garante segurança para compras em lojas virtuais. 

Na prática, esse certificado funciona a partir do protocolo SSL. Isto é, um protocolo que oferece um canal de comunicação protegido por criptografia entre o computador do cliente e o servidor da página.

Assim, tanto o consumidor quanto o lojista tem a garantia de que seus dados pessoais, financeiros ou informações de login estarão em sigilo durante o processo de compra, sem que haja vazamento de dados. Além disso, o certificado digital para E-commerce também é eficaz para:

  • Emissão de notas fiscais, 
  • Assinatura e envio de documentos digitais, 
  • Validação jurídica de documentos eletrônicos; 
  • Autenticação segura em ambientes online;
  • Emissão do Documento Auxiliar na Nota Fiscal Eletrônica (DANFE).

Com isso, existem alguns tipos e modelos diversificados de certificados digitais para e-commerce que você precisa conhecer. Eles variam de acordo com a especificidade de cada loja virtual. Confira a seguir…

Tipos e Modelos de Certificado Digital Para E-commerce

Modelos de Certificado 

  • Certificado A: Um dos modelos mais utilizados pelas lojas virtuais, esse certificado é gerado e armazenado em um computador, a partir da instalação de um software, assim uma chave criptografia é criada. Possui uma extensão .PFX .P12. e prazo de validade de até 1 ano;
  • Certificado A3: Nesse modelo, a chave de segurança é gerada e armazenada em um hardware criptografado, ou seja, um cartão inteligente ou um token USB. O prazo de validade desse certificado é de até 3 anos.

Tipos de Certificado

  • E-CPF: É destinado apenas para pessoas físicas, servindo como um CPF digital. Na prática, é utilizado para assinaturas de documentos digitais, como imposto de renda. Diante disso, o E-CPF não pode ser utilizado para emissão de nota fiscal eletrônica, visto que essa é uma operação para empresas;
  • E-CNPJ: Diferente do E-CPF, o E-CNPJ é destinado a pessoas jurídicas. Ou seja, empresas, Pequenas e Médias Empresas (PMEs) ou Microempreendedores Individuais (MEIs). Por isso, esse tipo de certificado é usado para emissão de Nota Fiscal Eletrônica ou em operações empresariais;
  • NF-E: O certificado NF-E é usado restritamente para emissão de notas fiscais eletrônicas (NF-e). Logo, para quem empreende online, esse tipo de certificado é o ideal;
  • CT-E: O conhecimento de transporte eletrônico (CT-e) é usado para o controle e a fiscalização de transporte de cargas entre empresas. Esse certificado é útil para fiscalizar e controlar eletronicamente os serviços de transporte de carga das companhias.

Assim, agora que você já sabe o que é um certificado digital para e-commerce, para que serve, como funciona e quais são os principais tipos e modelos, chegou o momento de aprender como conseguir um para o seu negócio…

Como Conseguir um Certificado Digital Para E-commerce

Antes de saber como ter um certificado digital para e-commerce, é interessante que você esteja informado sobre algumas questões…

De acordo com a Receita Federal, pessoas físicas que não têm um negócio formalizado, não são obrigadas a utilizarem o certificado digital. Contudo, não será possível vender em canais de venda, como os marketplaces, por exemplo.

Já para pessoas jurídicas (exceto optantes do Simples Nacional) o certificado é obrigatório. Afinal, o certificado digital para e-commerce é fundamental para a emissão de nota fiscal, o que é exigido nas vendas online. 

Logo, confira a seguir como conseguir um certificado digital para sua loja virtual:

1 – Escolha o Selo do Certificado

O primeiro passo para ter um certificado digital para E-commerce é escolher o selo do certificado. Alguns deles são:

  • SSL Simples: Esse selo cumpre o essencial. Criptografa as informações disponibilizadas no e protege a integridade dos dados de todos os consumidores;
  • SSL EV: Realiza codificações e apresenta a validação de informações da empresa, como CNPJ e endereço completo. Além disso, somente a partir desse selo, a indicação de segurança fica na cor verde;
  • SSL Wildcard: Além de cumprir todas as funcionalidades apresentadas acima, também pode ser usado no domínio principal do site e em subdomínios, sem custo adicional.

2 – Procure uma Autoridade Certificadora 

Em seguida, você deve escolher uma Autoridade Certificadora. Isto é, uma instituição credenciada pela Receita Federal para certificar outras empresas.

A companhia escolhida pode auxiliar no processo de decisão do modelo de certificado, assim como na escolha do tipo mais adequado para a realidade do negócio em questão. 

Quando a escolha for feita, é necessário realizar um pagamento e apresentar os documentos exigidos, que varia de acordo com cada empresa. Depois, será realizada uma verificação de dados e uma validação pessoal.

3 – Gere um CSR 

O próximo passo é gerar a Solicitação de Assinatura de Certificado, o CSR. Isto é, um arquivo criptografado que é gerado no mesmo servidor em que você planeja instalar o certificado. 

Esse arquivo contém informações sobre a empresa e sobre o site em questão. Para gerar um CSR, é necessário fornecer as seguintes informações:

  • Nome da empresa e área de atuação;
  • URL do domínio em que será usado o certificado;
  • Cidade, estado e país em que a empresa está localizada.

Feito isso, você deve informar a chave pública que será usada no certificado, o tamanho de chave mais comum é RSA 2048. Salve o CSR e envie uma cópia para a autoridade certificadora.

Em seguida, é necessário instalar o certificado em seu computador. Para isso, a empresa certificadora repassa as instruções junto ao arquivo do selo autenticador para ser adicionado no site.  

Afinal, Qual a Importância de Ter Certificado Digital Para E-commerce?

Como mencionado anteriormente, o certificado digital para E-commerce é algo indispensável para lojas virtuais hoje. Principalmente porque esse arquivo é o que vai garantir segurança para a empresa e para os consumidores no ambiente digital. 

Na prática, esse certificado promove uma navegação segura evitando fraudes aos consumidores, pois os dados inseridos na hora da compra serão lidos apenas no seu servidor. O que é eficaz, também, para reduzir o risco de chargeback.

Além disso, obter um certificado digital para E-commerce melhora o posicionamento do seu negócio no Google. Isso porque um dos critérios para recomendação de sites pelo Google é a segurança da página. Logo, com o certificado, o site será melhor reconhecido. 

Tudo isso é eficiente para aumentar a confiança do cliente e, consequentemente, colaborar para uma boa experiência de compra. Fator que é um dos pilares mais importantes para continuar crescendo no mercado de E-commerce hoje. 
Autor: Redação Ecommerce de Sucesso

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.